Capa da Página Pequenos Conselhos - Cidadania - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cidadania

14/06/2017 às 10:11h

Pequenos Conselhos

Facebook

Por Ronaldo Galvão

Trabalhe:

Você pagará impostos que podem financiar a corrupção e não ter o retorno social por parte do governo. Dedique-se no trabalho mesmo sendo ele muito ruim, pode ser que se revoltar com um emprego de má qualidade você seja despedido e não tenha nenhum emprego. O mundo é capitalista, trabalhe para ter o dinheiro que move tudo. Não seja escravo dele. Tenha o bastante para sobreviver. Esta não deve ser a primeira ocupação de sua vida: apenas uma necessidade boba. Não seja escravo do dinheiro.

Estude:

Mesmo estudando muito pode ser que pouco tenha para usar na sua vida profissional. Mas estudar abre horizontes na mente. Transformamos-nos para melhor quando estudados; conhecemos pessoas que também estudam. Alguns problemas da vida são amenizados quando se estuda; passamos a ter um senso crítico que nos livra de muitas preocupações que são dispensáveis. Estudiosos sabem: sabem que muitas coisas não precisam ser aprendidas e não são o centro das atenções. Estudando sabemos a dar atenção ao que verdadeiramente importa.

Ame sua família:

Amigos vão e vem; amigos são amigos nas horas felizes. Poucas pessoas lhe amarão tanto quanto os de seu sangue. Seus parentes não são pessoas complicadas e que tem raiva de você. Naturalmente eles sempre vão lhe colocar à prova, mas sempre vão lhe amar. Cultive momentos com seus irmãos. Sorria com seus pais. Eles podem parecer chatos, e serem chatos mesmo. Mas isto é porque eles são muito de nós. E nos somos um pouco chatos mesmo. Não os mude. Mude a você mesmo com o exemplo deles.

Viaje:

Conheça lugares; sinta a troca de climas; veja culturas diferentes; aprenda algo novo onde for. Coma alimentos que nunca tivera coragem de comer; experimente. Ver horizontes longe de nossas casas é como se nossa vida pessoal, financeira, sentimental, etc. se renovasse também em outros horizontes. Suba uma montanha e respire o ar puro. Vá numa rua lotada de gente num comércio frenético e sinta o cheiro de gente, de multidão. Misture-se com eles. Sinta-se só na multidão; preencha o mundo na natureza. É um exercício importante para quando sentir-se só.

Leia:

Se viajar é caro, leia. É a mesma coisa. Lendo viajamos por lugares que até mesmo nem existem; outros mundos são conhecidos. Deixe-se contaminar pelo que lê; ao terminar a leitura, fantasie-se naquele ambiente: lute espadas com Os Três Mosqueteiros; ame como Casanova; imagine-se sábio tal qual Confúcio. Marque frases de efeito nos livros para mandar aos amigos em datas especiais. Conte histórias de seus livros para as pessoas; isto lhe fará ter mais confiança em você e melhora a autoestima. Todos gostarão de lhe ouvir a cada dia uma coisa nova. Depois você criará suas próprias histórias e num mundo de fantasias conseguirá livrar-se de certas realidades que são ruins.

Divirta-se

Ria; ria como criança. Divirta-se consigo mesmo. Ria de suas coisas. Você sendo o motivo das risadas, elas serão muito mais honestas e prazerosas. Rir dos outros pode dar um ar de maldade no final. Ria pela manhã e comece bem o dia. Ria no almoço e terá uma tarde linda. Ria a noite e o sono será revigorante. Divirta-se com amigos também. Um dia pode ser que você tenha poucos motivos para ser feliz, mas estando acostumado a divertir-se, nunca faltará momentos mínimos que ninguém percebe, mas você estará alegre.

Uma virtude:

Cultive uma virtude. Ter todas elas é impossível: somente os santos possuem muitas virtudes. Mas se acaso desenvolver ao menos uma, esta poderá ser a chance de acrescentar outras. Fixe esta virtude em você. Faça-se conhecer por ela. Uma virtude chama outra; com o tempo você terá outras e vai muito progredir na vida social e pessoal. Mas cultive apenas uma, as outras virão naturalmente.


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: