Capa da Página UM SEVERO ALERTA AOS ADVOGADOS - Cidadania - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cidadania

29/11/2018 às 09:18h

UM SEVERO ALERTA AOS ADVOGADOS

Facebook

Recentemente uma empresa de tecnologia jurídica convidou os 20 (vinte) melhores advogados dos Estados Unidos para analisar 5 (cinco) contratos. Daqueles contratos simples de confidencialidade. Contratos que os alunos aprendem a lidar logo nos períodos iniciais da academia jurídica. Mas por se tratarem dos melhores advogados daquele país, eles se debruçaram sobre os contratos por uma hora e meia (90 minutos).

Depois eles foram avaliados. Obtiveram uma nota média de 85 pontos. E ainda assim um dos advogados obteve apenas nota 67, o que não é satisfatório. De certo o cliente deste advogado teria problemas com seu contrato analisado.

Mas não para por aí! Paralelamente a análise feita pelos advogados esta empresa colocou um computador com Inteligência Artificial para também dar um parecer sobre os contratos.

RESULTADO: a inteligência artificial analisou os mesmos contratos com uma precisão que obteve a nota máxima: 100 (cem). E o computador executou sua atividade em apenas, pasme, 26 (vinte e seis) segundos. Exatamente: 26 segundos!

Mas você leitor, pode pensar: “Ah! Mas isto é nos Estados Unidos e não chega aqui no Brasil tão rápido!” Ou ainda pode argumentar que se trata de tecnologia muito cara.

ENGANA-SE! Esta tecnologia já existe no Brasil, está sendo utilizada no Supremo Tribunal Federal, no Superior Tribunal de Justiça e temos uma equipe instalando aqui no Tribunal de Justiça de Minas Gerais!

A inteligência artificial não é uma ficção científica de filmes! É realidade e já está em pleno funcionamento no nosso dia-a-dia.

Daí o meu alerta aos advogados: em breve seus processos serão julgados por máquinas que podem propor uma ou mais decisões ao juiz, desembargador ou ministro.

Sabendo de seu medo de perda do “mercado de trabalho” você vai levantar outro argumento: “Ah! Mas não julgará processos de família, crime ou outros que exijam subjetividade, pessoalidade, informalidade ou fatores mais intimistas!”.

ERROU DE NOVO! A inteligência artificial está preparada para as subjetividades. Ela aponta margens de erro para estes casos.

Assim sendo, pode cravar as unhas nos cabelos e desesperar os que tem pouca intimidade com tecnologias.

Processos como os tributários, trabalhistas de segunda instância, danos morais, incidentes em inventários, direito do consumidor e tantos outros poderão ser julgados em apenas um minuto quando demorar muito. REPITO: UM MINUTO!

Eu mesmo tive a oportunidade de ver na Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, um complexo procedimento de Alegação de Inconstitucionalidade em Controle Difuso ser julgado em 3 minutos!

Mas nem tudo está perdido! Vou apontar a solução para seu sucesso sobre a máquina: NÃO DEIXE A MÁQUINA JULGAR! Simples assim! Acaso seus processos não forem ao judiciário, você advogado, não terá o desprazer de ter de cobrar uma ninharia de seu cliente para fazer uma demanda que não demandará trabalho algum. Ainda porque mesmo antes de acionar o judiciário, já se poderá saber o resultado da demanda.

A palavra de ordem para o sucesso da advocacia do futuro é a MEDIAÇÃO e a NEGOCIAÇÃO. Toda uma tratativa antes de ir ao judiciário para SOMENTE HOMOLOGAR ACORDOS.

As Formas Adequadas de Resolução de Conflitos será o grande ganha-pão dos advogados, que terão de demonstrar habilidades pessoais de tamanha ordem que certamente farão seus honorários serem muito mais elevados.

Um advogado que não seja habilidoso em mediação, conciliação, negociação e outras Formas Adequadas de Resolução de Conflitos, optando pelo litígio, de certo estará fadado ao fracasso.

As capacitações para estas novas formas de solução dos litígios são abundantes e acessíveis.

O significado de modernidade e estabilidade no futuro passa pela atualização nas técnicas de mediação/negociação e nas novas tecnologias.

Fique atento! Quem avisa amigo é!


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: