Capa da Página Grupo Reverso, de Pará de Minas, faz temporada com o espetáculo Dona Baratinha em BH - Cultura - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cultura

29/11/2017 às 10:18h

Grupo Reverso, de Pará de Minas, faz temporada com o espetáculo Dona Baratinha em BH

Facebook


Fundado em Pará de Minas, o Grupo Reverso estreou em Belo Horizonte o espetáculo “Dona Baratinha”, nos dias 18, 19, 25 e 26 de novembro, no Teatro Marília. O grupo chegou a BH num contexto de crescimento da pesquisa em teatro para crianças na cidade, envolvendo novas linguagens para o público infantil. Para se apresentar no teatro, o espetáculo teve que passar por uma seleção por meio de edital da Fundação Municipal de Cultura.

Nas quatro apresentações, um público muito interessado prestigiou o espetáculo. Além de um grande número pessoas que puderam conferir o trabalho do grupo pela primeira vez, pará-minenses residentes tanto em BH como em Pará de Minas estiveram presentes no teatro.

“Estamos muito felizes com a nossa temporada em BH. O espetáculo foi muito bem recebido pelo público, além de termos ficado orgulhosos por estarmos na programação da Fundação Municipal de Cultura, num teatro de grande importância para a cidade”, comenta Carmélia Cândida, que dá vida a Dona Baratinha. José Roberto Pereira, diretor, autor do texto e também ator na peça, cita alguns comentários do público que assistiu ao trabalho pela primeira vez: "Que bom que ainda existem pessoas que acreditam na infância, na importância do ser criança. Obrigado!"; "Vocês trouxeram minha infância de volta..." ; "Vou divulgar pra todo mundo que eu puder. Teatro faz toda a diferença na vida da criança."

O Grupo ReVerso surgiu da reunião de artistas que têm em comum o gosto pela música, pelo teatro e pela literatura. É composto por Carmélia Cândida, José Roberto Pereira, Marcilene Tavares e Wilsinho da Floresta, todos conhecidos do público pará-minense inteirado sobre a arte e a cultura de nosso município. Além de Dona Baratinha, o quarteto tem no repertório o sarau/espetáculo Poesia com Cachaça, que mistura poesia e música e conta com duas versões Uma noite na boemia e Nas garras desse amor bandido.


Dona Baratinha, uma versão do conto popular conhecido em todo o mundo, traz a apaixonante história da barata que sonha em se casar e, ao encontrar uma moedinha de ouro, se vê diante da possibilidade de realizar seu grande sonho. O espetáculo estreou em Pará de Minas no Teatro Municipal Geraldina Campos de Almeida em janeiro de 2016 e foi apresentado, também, nas cidades mineiras de Itaúna, Pitangui, Onça do Pitangui e Bom Despacho. Até o momento, cerca de 3500 pessoas já assistiram à montagem.

Marcilene Tavares pontua que o grupo não pode deixar de agradecer a todos que acompanham seus trabalhos, que prestigiam, incentivam e divulgam. É por causa dessas pessoas que o espetáculo está para completar dois anos em janeiro de 2018. O grupo também agradece ao apoio do Deputado Federal Eduardo Barbosa e do Deputado Estadual Inácio Franco. “O apoio dos deputados foi imprescindível para nossa temporada em BH”, finalizam. Quem investe na arte e na cultura está buscando alternativas para um mundo melhor.

Se depender dos artistas de nosso município, nossa arte e cultura vão longe. Como assinalou o Deputado Eduardo Barbosa: “importante, além de representar muito bem nossa cidade, é levar a cultura a todas as pessoas”. E isso, nossos artistas fazem muito bem.

Por José Roberto Pereira

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: