Capa da Página O novo é agora - Cultura - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cultura

27/12/2017 às 11:05h

O novo é agora

Facebook

O que separa o ano velho do ano novo é apenas um segundo. Um segundo entre a última hora de um ano e a primeira do outro. Um segundo somente para mudar tudo que foi planejado e sonhado. Um segundo para o início de uma vida nova. Um segundo para abandonar tudo aquilo que se quer esquecer, mudar, dividir, recusar, alterar, excluir para incorporar o novo, ou seja, aquilo que se deseja. Um segundo para entrar na vida nova - ou ainda cheia de vícios - porque muitos acham que um segundo poderá mudar tudo – em muitas situações muda, sim, como: uma explosão, um tsunami, um tapa, um beijo, um abraço etc. Contudo, muitos se frustram porque um segundo é muito pouco para mudar de verdade e abraçar um novo projeto de vida; então tudo que se planejou poderá adormecer, ser adiado por mais um ano, pois depositaram nesse segundo a coragem que não tiveram para iniciar o verdadeiro processo de mudança, que não necessita desse último segundo do ano... Muitas pessoas almejam reviravoltas na vida no ano que se inicia. Incorporam às festividades de passagem de um ano para o outro tudo aquilo que almejaram fazer e não fizeram, como se tudo se zerasse, até mesmo o tempo, e uma nova vida renascesse, sem os vícios e problemas do ano que se finda. A essas pessoas, um tempo de frustração breve se fará presente, porque os problemas que não foram resolvidos no seu tempo, os vícios que não foram superados permanecerão à espera de uma solução. As mudanças que se almejam não precisam desse segundo em que um ano muda para o outro. Aquilo que realmente merece ser mudado, transformado, conquistado ou mesmo abandonado e superado deve ser feito no momento em que se percebe a necessidade de mudança, independentemente do processo numérico de um ano para o outro. São maravilhosas todas as festas, os rituais, as comemorações que se fazem para celebrar o ano que se inicia, mas deveriam ser igualmente festivas e certeiras as mudanças que são almejadas, porque, como o ano que se finda, para muitas decisões não há volta. Os processos de conquistas e mudanças começam sempre com um ato de coragem. E àqueles que estão esperando os primeiros dias do ano novo para começar a tal vida nova, digo: o novo é agora, neste exato momento. O primeiro segundo de leitura deste texto já se foi e não voltará. Tudo aquilo que deseja, se você estiver seguro e preparado, busque agora mesmo, porque os sonhos podem adormecer profundamente e os desejos morrerem a cada segundo que você não teve coragem de agir... E a vida e os anos passam, passam, passam... Até que te restará somente o AMÉM!

Por José Roberto Pereira


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: