Capa da Página Família quer que supermercado custeie cirurgia de jovem que perdeu couro cabeludo em kart - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 37º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

17/08/2019 às 09:06h

Família quer que supermercado custeie cirurgia de jovem que perdeu couro cabeludo em kart

Facebook

A família de Débora Stefany Dantas de Oliveira, 19, quer que o Walmart ajude a custear o tratamento para recuperação do couro cabeludo dela com uma equipe médica nos Estados Unidos. A jovem passou por duas cirurgias para ligar o tecido arrancado ao corpo, mas não deu certo. Débora foi escalpelada no último domingo, enquanto andava de kart com o namorado em uma pista montada no estacionamento do supermercado, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

Namorado da jovem, o microempresário Eduardo Tumajan explica que tudo depende agora de um retorno da rede varejista. “Queremos que ela faça um tratamento com a equipe de um hospital americano que acompanhou, online, a cirurgia feita por aqui. Estamos precisando que o Walmart nos ajude nisto”, conta.

As cirurgias de Débora foram feitas na noite do domingo (11) e na tarde de terça (13). A primeira durou aproximadamente 5h, para religar o couro cabeludo arrancado ao corpo. Já a segunda, emergencial, foi realizada em 7h, para retirar trombos (coágulos) nos vasos sanguíneos religados à cabeça. Ambas foram pela equipe do cirurgião plástico Jonathan Vidal, no Hospital da Restauração (HR), que fica na área central da capital.

As duas intervenções foram assistidas pela internet por uma equipe do Baylor College of Medicine, instituição médica localizada em Houston, nos EUA. Um dos que acompanharam foi um brasileiro, amigo do médico Jonathan. “Hoje (quinta, 15), ele foi fazer uma avaliação do quadro dela. Disse que tentou-se de tudo, mas não pegou o implante. Ele pretende agora tirar pele do músculo das costas dela, para fazer um enxerto. Mas a ida para os Estados Unidos será melhor, eles têm mais recursos”, acrescenta o namorado de Débora.

Por sinal, a moça está apresentando uma força “surpreendente”, de acordo com Eduardo. “Quando me recebe no hospital, ela sempre está sorrindo. As pessoas acham que eu que estou indo dar uma força a ela, mas ela quem está me dando força”, emociona-se.

A reportagem procurou a assessoria do Hospital da Restauração, mas não conseguiu retorno até a publicação da matéria.

Relembre o caso

Moradora do bairro do Engenho do Meio, na Zona Oeste da capital, Débora tinha ido pela primeira vez a um kart no último domingo. Durante a corrida, o cabelo dela teria enroscado no motor do veículo, arrancando o couro cabeludo. Ela deu entrada no Hospital da Restauração por volta das 18h do mesmo dia e lá segue internada. De acordo com o último boletim divulgado pelo HR, a jovem "encontra estável e internada na UTI adulto para cuidados clínicos mais preservados".

Familiares da jovem prestaram queixa do ocorrido Delegacia de Boa Viagem. De acordo com a Polícia Civil, uma investigação será aberta para avaliar a negligência da empresa de kart, mas a polícia só se pronunciará "em momento oportuno". O inquérito tem 30 dias para ser concluído.

Fonte: em.com.br

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: