Capa da Página Atlético leva virada do Colón no fim e precisa de reviravolta no Mineirão para ir à final da Sul-Americana - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 35º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Atlético leva virada do Colón no fim e precisa de reviravolta no Mineirão para ir à final da Sul-Americana

20/09/2019 às 08:31h

Facebook

Apesar do apoio de seu torcedor, o Colón não conseguiu se impor. Os donos da casa tiveram a bola, mas não conseguiram quebrar a forte marcação do Galo. Zé Welison, uma das novidades da equipe de Rodrigo Santana, se destacou com um desarme e seis rebatidas. Quem também foi bem na etapa inicial foi Patric. Com o jogo dos argentinos baseado em lançamentos pelo lado esquerdo do ataque, o lateral conseguiu três desarmes e mostrou muita disposição.

O Atlético jogou com as linhas bem baixas e próximas, dificultando as ações dos argentinos. Quando tinha a bola, tentava as ligações diretas, porém sem sucesso.

Quando procurou tabelar com jogadores mais próximos, o Galo abriu o marcador no “Cemitério dos Elefantes”. E o gol saiu num lance bizarro. Vinícius e Elias tentaram a triangulação com Chará, mas a bola sobrou para a defesa dos donos da casa. O zagueiro Ortiz tentou dar um chutão, porém acertou Chará e a bola morreu no fundo das redes: 1 a 0 e festa dos atleticanos em Santa Fé.

Estatisticamente, o lance fortuito de Chará não foi considerado como finalização. Conforme dados da Conmebol, o Atlético terminou a etapa inicial sem chutar uma vez sequer, enquanto o Colón, com o meia Federico Lértora, finalizou longe da meta de Cleiton somente nos acréscimos. Houve ainda três tentativas dos argentinos bloqueadas pelos defensores atleticanos.

Apesar da derrota parcial, o Colón voltou para o segundo tempo recebendo o apoio dos torcedores. E a etapa final, em cinco minutos, teve mais finalizações do que todo o primeiro tempo. Viso acertou o travessão, de leve, em cruzamento despretensioso; 'Pulga' Rodríguez exigiu boa defesa de Cleiton em cobrança de falta; e Elias parou em boa defesa de Burián.

O jogo seguiu em ritmo alucinante. Após cobrança de escanteio, Escobar desviou e Morelo completou para o gol: 1 a 1. O “Cemitério dos Elefantes” explodiu e o torcedor do Colón mostrou sua força. Nesse embalo, o time da casa cresceu. Foram várias finalizações, todas bloqueadas pelos defensores do Atlético.

Aos poucos, o Galo conseguiu aliviar a pressão do adversário. E numa das raras oportunidades criadas, Vinícius obrigou Burián a salvar o Colón.

Quando o empate parecia definitivo, o Colón conseguiu a virada. O time argentino aproveitou que o Galo recuou em campo e marcou o gol do triunfo com 'Pulga Rodríguez', que aproveitou cruzamento rasteiro, completou para o fundo das redes e garantiu a festa no Cemitério dos Elefantes: 2 a 1.

COLÓN 2 X 1 ATLÉTICO

Fonte: Super Esportes


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: