Capa da Página Atlético pode perder até seis atletas durante a competição - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 9º MIN 25º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

21/05/2015

Atlético pode perder até seis atletas durante a competição

Facebook

Ao elaborar o planejamento para 2015, o Atlético se movimentou nos bastidores para tentar evitar um fenômeno que tende a atingir muitas equipes ao longo do Campeonato Brasileiro. Num intervalo de oito meses, o clube renovou os contratos dos quatro atletas com maior potencial de venda para o mercado internacional.

Assim, fez o que podia para reduzir o risco de “debandada” na reabertura da janela de transferências, em 22 de junho – ou, pelo menos, para tentar rechear os cofres com as possíveis negociações. O último a estender o vínculo é o meia-atacante Luan, que assinou nesta quarta-feira (20) a renovação até maio de 2019.

Alvo de interesse do futebol chinês, o jogador de 24 anos já havia manifestado publicamente o desejo de ser valorizado pela diretoria. Agora, ele está no maior patamar salarial do clube, com vencimentos na casa dos R$ 300 mil.

“Não penso em sair. Se o presidente quiser fazer um contrato vitalício, eu aceito. Estou à disposição. Penso em buscar meu espaço aqui no Brasil a cada dia e, quem sabe, vestir a camisa da Seleção Brasileira. Fui bastante valorizado, e o jeito que tenho de contribuir é dentro de campo”, declarou Luan.

No início deste ano, o Galo já havia tratado de elevar o valor do lateral-direito Marcos Rocha, sondado pelo Porto após a saída de Danilo para o Real Madrid. O vínculo foi renovado por mais duas temporadas, com aumento de salário e multa rescisória.

Além deles, também foram assegurados os vínculos de outras duas joias da base: Jemerson e Carlos.

Preocupação
No começo do ano, a diretoria alvinegra traçou o planejamento contando com a previsão de ao menos uma grande venda para engordar o caixa. Por outro lado, o Galo desponta como um dos candidatos ao título do Brasileirão, e há uma precaução para não desfigurar a equipe.

Por isso, o presidente Daniel Nepomuceno e o diretor de futebol Eduardo Maluf buscam recursos para contratar em definitivo o lateral Douglas Santos, cujos direitos econômicos estão fixados pela Udinese em 3 milhões de euros. O Atlético tem até o dia 20 de julho para exercer a prioridade na compra, em cinco parcelas de 600 mil euros.

Na mesma situação está Rafael Carioca. O Spartak, porém, faz jogo duro para vender os direitos do volante. Assim, o clube mineiro tentará ao menos renovar o empréstimo até dezembro. “Eu já manifestei o meu desejo de ficar. Eles (russos) estão vindo para o Brasil. Agora, cabe ao Atlético tentar a minha permanência”, declarou o camisa 5. Os contratos dois jogadores se encerram em agosto.

“Não penso em sair. Se o presidente quiser fazer um contrato vitalício, eu aceito. Estou à disposição”  Luan, meia-atacante

Fonte: Hoje em Dia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: