Capa da Página Cruzeiro aguarda FMF, mas diz que marcação não pode ferir regulamento - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

06/04/2015

Cruzeiro aguarda FMF, mas diz que marcação não pode ferir regulamento

Facebook

O Cruzeiro aguarda a definição da Federação Mineira de Futebol (FMF) para se posicionar sobre a marcação das semifinais do Campeonato Mineiro. A diretoria, contudo, entende que se a primeira partida for disputada no domingo (12), como quer o Atlético, descumprirá o Regulamento Geral das Competições da CBF, que inviabiliza jogos sem o intervalo mínimo de 60 horas, conforme consta no artigo 25. Isso se configuraria porque o clube celeste enfrenta o Huracán, na próxima terça-feira (14), na Argentina, pela Copa Libertadores.

“Se jogarmos no domingo e na terça não será cumprido o regulamento da CBF, que exige 60 de descanso entre uma partida e outra. Mas é o jurídico quem tem que analisar isso”, observou o supervisor do Cruzeiro, Benecy Queiroz.

O dirigente é cauteloso e não quer se antecipar à decisão da FMF. “A marcação da partida é de competência da federação, não cabe aos clubes. Então, vamos aguardar a definição. A partir daí, vamos externar nosso ponto de vista”, acrescentou.

A definição da FMF é delicada porque a marcação do jogo para o sábado (11), por sua vez, prejudicaria o Atlético, que jogará nesta quinta-feira (9), em Belo Horizonte, contra o Santa Fe, pela Copa Libertadores, e teria apenas um dia de descanso.

O Cruzeiro já tinha observado esse problema no calendário e enviou, 20 dias atrás, ofício à FMF solicitando a alteração dos jogos da semifinal do Campeonato Mineiro. A recepção da entidade ao pedido foi positiva. O encontro dos rivais mineiros que disputam a Libertadores antes da decisão, entretanto, não era esperado.

O problema também se configura para a segunda semifinal. Se o confronto for marcado no domingo (19), o Cruzeiro terá apenas um dia de descanso, voltando a campo na terça-feira (21) para encarar o Universitario. Já o Galo jogará no México no dia 15, contra o Atlas. O jogo no sábado (18) daria mais descanso aos clubes, embora o Alvinegro tenha uma longa viagem de volta ao Brasil.

Jogos do Corinthians não seguiram Regulamento Geral das Competições da CBF

Embora o regulamento da CBF exija o cumprimento das 60 horas, ele não é seguido à risca. O Corinthians, por exemplo, enfrentou uma maratona ainda mais desgastante. Jogou contra o Capivariano (dia 22 de março), Portuguesa (24), Penapolense (26) e Bragantino (29).

Fonte: Superesportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: