Capa da Página Galo luta mas é eliminado pelo Inter no Beira-Rio - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

14/05/2015

Galo luta mas é eliminado pelo Inter no Beira-Rio

Facebook

Não faltou luta nem chances de gol. O Atlético acreditou, mas não foi o suficiente. Assim como no jogo de ida, que terminou 2 a 2, faltou atenção na defesa. Falhas que valeram a eliminação do clube na Copa Libertadores. O time foi derrotado por 3 a 1 pelo Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Os gols foram marcados por Valdívia, D'Alessandro e Lisandro López, para o Coloradao, e Lucas Pratto para o Galo.

Nas quartas de final, o Inter vai encarar o Independiente Santa Fe, que passou pelo Estudiantes. Já a equipe atleticana mira suas atenções exclusivamente para o Campeonato Brasileiro. Neste domingo, enfrenta o Fluminense em Brasília.

O Jogo
Levir Culpi prometeu mandar o Atlético ao ataque e cumpriu. O Alvinegro teve mais posse de bola, criou mais oportunidades, mas deixou a desejar na finalização. Falhou também no posicionamento defensivo. E pagou caro. O Internacional respondeu ao ímpeto atleticano com competência. Criou pouco, mas o suficiente para abrir 2 a 0 no primeiro tempo.

Antes de o time colorado festejar, o Galo desperdiçou bons momentos. Aos dois e aos 16 minutos, Patric e Luan, respectivamente, receberam a bola na área, em condições de ameaçar a meta gaúcha. O primeiro furou. O segundo bateu mal.

O Inter não perdoou. Aos 21 minutos, Lisandro López lançou Valdívia nas costas da defesa. O meia viu Victor adiantado e tocou por cobertura: 1 a 0.

O gol não abateu o Atlético. Jemerson, de bicicleta, e Thiago Ribeiro arriscaram, mas com chutes para fora. Aos 33, depois do escanteio, Jemerson balançou as redes, mas o árbitro chileno Julio Bascuñan marcou falta de Leonardo Silva em Rodrigo Dourado. Aos 39 Lucas Pratto também buscou o gol, em outra tentativa que foi pela linha de fundo.

O castigo veio aos 45 minutos. D'Alessandro fez grande jogada na entrada da área, limpou o lance e mandou a bola no ângulo, um golaço e 2 a 0 no placar.

Na etapa final, tudo ou nada para o Galo. Levir sacou o volante Leandro Donizete e o atacante Thiago Ribeiro para as entradas dos meias Giovanni Augusto e Maicosuel. E foi de Maicosuel, aos 13 minutos, a jogada que resultou no gol alvinegro. Ele deu grande assistência a Lucas Pratto, que fez 2 a 1.

O jogo ganhou em emoção. Aos 17 minutos, quase o empate. Patric cruzou, Pratto bateu e o goleiro Alisson abafou. Na sobra, de frente para o gol, Luan carimbou o travessão. Aos 21, novo cruzamento e nova dividida entre Pratto e Alisson. A aposta final de Levir foi o centroavante Jô, que entrou aos 24 minutos, na vaga do lateral Douglas Santos. Os atleticanos reclamaram um pênalti não marcado em Jô, puxado claramente por Juan.

Recuado, o Internacional só ameaçou aos 30 minutos. Jemerson dividiu com Aranguiz e a bola foi na direção do gol. Victor se esticou para cortar. Cinco minutos depois, outra punição ao Atlético. Em lance infantil, Dátolo recuou a bola de cabeça e deixou Lisandro López na cara do gol para fazer 3 a 1.

O Atlético ainda teve chances com Giovanni Augusto, que chutou em cima de Alisson, Lucas Pratto, que concluiu fraco nas mãos do goleiro, e Jemerson, que bateu por cima.

Fonte: Superesportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: