Capa da Página Ídolo alvinegro, Tardelli, hoje no Grêmio, reencontrará o Atlético: Carinho especial - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 10º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Ídolo alvinegro, Tardelli, hoje no Grêmio, reencontrará o Atlético: 'Carinho especial'

24/05/2019 às 09:20h

Facebook

No sábado, às 19h, em Porto Alegre, Tardelli viverá uma noite especial. O atacante, hoje no Grêmio, reencontrará o Atlético, clube no qual fez história ao ser destaque nas conquistas da Copa Libertadores (2013), da Recopa (2014) e da Copa do Brasil (2014). Será a primeira vez que o jogador enfrentará o Galo depois de se tornar um dos maiores ídolos da história do clube.  

"Uma partida especial por tudo que eu vivi no Atlético, pela minha história, pelos títulos que eu ganhei. Claro que se trata de um jogo especial. Primeira vez que encontro meu ex-clube. Então, é agir naturalmente. Hoje, estou defendendo o Grêmio, e estou preparado", afirmou.

Tardelli voltará ao time do Grêmio depois de se recuperar de uma lesão na coxa. A última partida dele foi no dia 1º de maio, contra o Avaí. "Quis (o destino) que eu voltasse contra o Atlético. Então, espero poder fazer o melhor pelo Grêmio, mas o respeito será eterno pelo Atlético, carinho especial sempre. Minha vida mudou depois que eu cheguei no Atlético, então sou muito grato por tudo", disse Tardelli, que espera marcar contra o Galo.

"Se eu tiver bem preparado e focado, é minha função, se é contra o Atlético ou não, preciso jogar, preciso fazer gols, quem sabe não será no sábado?".

Fase no Grêmio

No dia 12 de fevereiro, Tardelli foi anunciado como reforço do Tricolor Gaúcho. Ele estreou quase um mês depois, no dia 9 de março, em partida do Grêmio contra o São José, pelo Campeonato Gaúcho. Nos 12 jogos que disputou nesta temporada, participou de 464 minutos. Foram cinco vitórias, quatro empates e três derrotas.

No Rio Grande do Sul, a expectativa é de que ele recupere o bom futebol. "O Tardelli veio da China um pouco fora de ritmo de jogo, abaixo da condição física ideal. Fazia alguns meses que não jogava. Então, ele entrava aos poucos no jogo, entrava no segundo tempo. Logo nas primeiras partidas, mostrou qualidade, fez gol. Depois, teve um problema muscular. Por isso, ainda está faltando alguma coisa para ele conquistar a torcida", analisou o repórter Eduardo Gabardo, da Rádio Gaúcha.

Um retorno adiado

O Atlético chegou a ouvir a proposta de Tardelli para voltar ao clube. Os valores assustaram, fazendo o Galo desistir do negócio. “Ele pediu R$ 40 milhões por duas temporadas. Nós dissemos para ele: ‘Isso não é possível. Qual o menor preço que você chegaria?’. Ele: ‘R$ 35 milhões’ (por duas temporadas). Então, negócio encerrado. Sem chance. Nem chegou proposta. Não dá. Não tem proposta. O Atlético não vai fazer loucura. Sem chance nenhuma”, frisou Lásaro Cândido da Cunha, vice presidente do Atlético, em entrevista ao Superesportes, em fevereiro.

Segundo o Galo Digital, Tardelli tem 219 jogos com a camisa do Atlético. Foram 112 vitórias, 50 empates e 57 derrotas. Ele marcou 110 gols. No clube, venceu Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa do Brasil e dois Campeonatos Mineiros.

TARDELLI NO ATLÉTICO

NÚMEROS
Jogos: 219
Gols: 110
Vitórias: 112
Empates: 50
Derrotas: 57

TÍTULOS
Campeonatos Mineiros de 2010 e 2013
Copa Libertadores da América de 2013
Recopa Sul-Americana de 2014
Copa do Brasil de 2014

Fonte: Super Esportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: