Capa da Página Marcelo deixa interrogação sobre meias e aponta titulares de outros setores - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

11/05/2015

Marcelo deixa interrogação sobre meias e aponta titulares de outros setores

Facebook

Passada a estreia no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro volta todas as atenções para a Copa Libertadores. A verdade é que o jogo contra o São Paulo, nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, sempre foi o foco principal, tanto que o técnico Marcelo Oliveira poupou titulares na derrota para o Corinthians.

Os testes realizados em Cuiabá não foram suficientes para determinar muitas situações no Cruzeiro. Gabriel Xavier, pedido pela torcida no time titular, teve atuação apagada, assim como Marquinhos e Willian, que jogam com mais frequência.

O fato é que os meias ofensivos que serão escalados contra o São Paulo são o ponto de interrogação deixado por Marcelo Oliveira. Ele adiantou os jogadores com lugar cativo diante do Tricolor e deixou dúvidas sobre os companheiros de Arrascaeta no meio e até de Damião, no ataque.

“A dupla de zaga foi bem. O Mayke tem a volta natural, o Henrique no meio-campo. Teremos a volta do Arrascaeta e do Damião. Vamos ver outras situações para condicionar o ataque. É preciso inspiração e boa técnica para chegar ao gol do São Paulo”, disse.

Os quatro candidatos para preencher os dois espaços na frente são Willian, Marquinhos, Gabriel Xavier e Marcos Vinícius, que depende de questões físicas, pois deixou o último treino na Toca da Raposa com dores na coxa direita, a mesma contundida anteriormente. Alisson seria titular absoluto, mas ele sofre com seguidos problemas musculares e está no departamento médico.

Com elogios à defesa, Marcelo pode promover uma dupla de zaga com Manoel e Bruno Rodrigo, embora, atualmente, Léo seja considerado titular no lugar do segundo.

Para se classificar às quartas de final, o Cruzeiro precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Repetição do placar de ida (1 a 0) leva a decisão para os pênaltis.

Fonte: Superesportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: