Capa da Página Na estreia de Mancini, Atlético leva empate do CSA no fim e segue em fase ruim no Brasileiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Na estreia de Mancini, Atlético leva empate do CSA no fim e segue em fase ruim no Brasileiro

17/10/2019 às 08:41h

Facebook

O Atlético esteve perto da vitória na estreia do técnico Vagner Mancini. Depois de terminar o primeiro tempo em desvantagem no Estádio Rei Pelé, em Maceió, o Galo virou o jogo sobre o CSA, mas acabou levando o empate aos 43 minutos da etapa final. No fim, 2 a 2 e mais um resultado amargo para o alvinegro no Campeonato Brasileiro.

Réver, que atuou como volante, e Luan, marcaram os gols do Galo. Alecsandro e Jonatan Gomez balançaram as redes pelo CSA.

Com o empate, o Atlético chegou a 32 pontos e segue na 12ª posição. Já o CSA continua na zona de rebaixamento, agora com 26 pontos.

O Atlético volta a campo no domingo. O Galo recebe o Santos, no Independência, às 16h. Já o CSA visita o Botafogo, no estádio Nilton Santos, segunda-feira, às 20h.

O jogo
O técnico Vagner Mancini escalou o Atlético com três zagueiros para a partida contra o CSA. No entanto, Réver atuou como volante, como já havia feito em sua primeira passagem pelo Galo. A estratégia era para o time ter mais força defensiva em campo e aproveitar a boa saída de bola do capitão.

No começo da partida, o CSA teve mais posse de bola, mas tinha dificuldades para entrar na defesa alvinegra. O Galo, nos poucos contra-ataques que tentava armar, não conseguia concluir bem as jogadas.

Luan e Vinícius obrigaram João Carlos a fazer grandes defesas. Marquinhos, de cabeça, mandou muito perto. Quando o Galo era melhor, no entanto, o CSA abriu o placar. Fábio Santos errou na saída de bola e entregou a bola no pé de Dawhan, que cruzou na cabeça de Alecsandro. O centroavante testou sem chances para Cleiton: 1 a 0.

Depois do gol, o Galo ainda teve uma chance para empatar na etapa inicial. João Carlos salvou após desvio do zagueiro Alan Costa. No rebote, Fábio Santos acertou o travessão.

O Atlético voltou do intervalo com Maicon Bolt no lugar do jovem Marquinhos. No começo da etapa final, o time da casa continuou dominando a posse de bola. Aos poucos, o Galo passou a crescer na partida. Fábio Santos, após bela jogada de Vinícius, obrigou João Carlos a fazer grande defesa. Pouco depois, Luan ajeitou para fora da área, Réver chutou, a bola desviou na defesa e matou o goleiro: 1 a 1.

O Galo continuou em cima após o empate. Maicon Bolt finalizou com perigo, e Vinícius acertou a trave. Pouco depois, o meia levou um amarelo por reclamação. No lance seguinte, sofreu falta de Dawhan e revidou. Com isso, levou o segundo amarelo e foi expulso.

Mesmo com um a menos, o Atlético seguiu seguro na partida. E a recompensa veio pouco depois. Após jogada pela esquerda, Fábio Santos cruzou na segunda trave, Luan dominou e chutou sem chances para João Carlos: 2 a 1.

A felicidade alvinegra durou pouco. Logo depois da virada, Jonatan Gomez invadiu a área e foi derrubado por Guga. Pênalti marcado, com muita reclamação dos atleticanos. Na cobrança, o próprio Gomez cobrou muito bem, sem chances para Cleiton: 2 a 2 e fim de jogo no estádio Rei Pelé.

CSA 2 X 2 ATLÉTICO

Fonte: Super Esportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: