Capa da Página Pós-clássico: TJD julgará Cruzeiro, Itair, Sette Câmara, Lásaro e cartões vermelhos - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 23º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

08/02/2019 às 08:49h

Pós-clássico: TJD julgará Cruzeiro, Itair, Sette Câmara, Lásaro e cartões vermelhos

Facebook

Quase duas semanas se passaram desde que Cruzeiro e Atlético se cruzaram pela primeira vez em 2019. Tempo suficiente para amarradas do clássico ainda existirem. No próximo dia 11 (segunda-feira), o Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais irá julgar "incidentes" daquele empate de 1 a 1 pela terceira rodada do Campeonato Mineiro.

Denunciados pela Procuradoria do TJD, o presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, e os vice-presidentes rivais, Lásaro Cândido (Galo) e Itair Machado (Raposa), além do próprio Cruzeiro, responderam por artigos de indisciplina do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Além disso, os jogadores expulsos Adilson e Dedé, além de Luiz Otávio Kalil, preparador físico do Atlético excluído pela arbitragem, também sentarão no banco dos réus. 

A diretoria do Atlético reclamou da arbitragem e da FMF após o empate de 1 a 1, alegando erros do juiz Wanderson Alves de Souza, em pênalti não dado em Igor Rabello e pênalti marcado em Fred. Já Itair Machado deu uma forte conferência de imprensa ao apresentar o lateral Dodô, citando rompimento com a Federação Mineira, discussão com o Galo por causa do clássico (não) dividido e outras farpas.

Os artigos que enquadram os três dirigentes são: 243-F e 258. O primeiro leva em consideração "ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto". Já o 258 considera "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código", principalmente em  "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões".

Fonte: Hoje em Dia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: