Capa da Página Presidente do Fortaleza critica Atlético por fazer consulta diretamente a Rogério Ceni - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 27º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Presidente do Fortaleza critica Atlético por fazer consulta diretamente a Rogério Ceni

18/04/2019 às 08:15h

Facebook

Depois de reações negativas de Athletico Paranaense e Santos por consultas do Atlético aos técnicos Tiago Nunes e Jorge Sampaoli, respectivamente, nesta quarta-feira foi a vez de Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, irritar-se com conversas do Galo com Rogério Ceni.

Paz se mostrou indignado com tomar conhecimento que o Atlético fez sondagens diretamente ao treinador, sem comunicar ao Fortaleza.Ceni, de 46 anos,tem contrato com o clube cearense até dezembro de 2019.

"Eu estou espantado, especialmente com a imprensa do Sul do país, considerando normal esse procedimento do Galo Mineiro. O que está havendo são dois pesos e duas medidas em relação ao assunto. Recentemente, o Atlético Mineiro procurou o técnico do Athletico Paraense e a grande imprensa reclamou, informando que o procedimento correto seria passar primeiro pelo clube. Agora, todos estão considerando normal que o Atlético Mineiro faça contato diretamente com Rogério Ceni,quando ele está empregado e tem contrato conosco. Citemos o exemplo do técnico Dorival Júnior, que está sem clube. Se surgirem dois clubes interessados nele, haverá uma disputa, porque ele está sem clube, mas o Rogério tem um empregador", disparou, em entrevista ao Diário do Nordeste.

Marcelo Paz explicou que soube do interesse do Atlético por Rogério Ceni por meio da imprensa. O ex-goleiro do São Paulo e hoje treinador não o comunicou oficialmente de nenhuma oferta vinda de Minas Gerais. Ainda assim, o tom foi de revolta. “Abri um site aqui e vi a informação de que o Atlético iria fazer proposta para o Rogério Ceni na segunda-feira.Então, já deve estar em negociação, mas não fomos comunicados de nada".

De acordo com o presidente, não há razão para Ceni deixar o trabalho após a disputa do título cearense, no domingo, contra o rival Ceará. No primeiro duelo da decisão, oTricolor venceu por 2 a 0. Na finalíssima, pode perder até por um gol de diferença que ainda assim ficará com a taça do Estadual.Na Copa do Nordeste, o time jogará a semifinal em casa contra o Santa Cruz no dia 8 de maio.

"Todos os salários estão rigorosamente em dia. As obras de construção do nosso centro de excelência, um pedido do Ceni, não estão no ritmo que se esperava, por causa das chuvas, mas os trabalhos seguem para atender tudo o que foi planejado. Então, não existe uma tentativa nossa de segurá-lo aqui, mas apenas o contrato que existe e que os demais fatores estão todos encaminhados para a permanência do nosso treinador", acrescentou o presidente.

Diretor de futebol otimista

O diretor de futebol do Fortaleza,Daniel de Paula, disse nesta quarta-feira que não acredita na saída de Ceni neste momento. “Não passa pela minha cabeça a saída dele. Aí é uma questão individual, não é o Fortaleza quem vai definir isso. Você sairia do trabalho em que tem a torcida ao seu lado, está brigando pelo título estadual, está na semifinal da Copa do Nordeste?”.

Ainda segundo Daniel, Ceni é considerado um ídolo da torcida após a conquista da Série B de 2018e a volta à elite nacional após 12 anos. Além disso, o perfil do treinador é voltado para trabalhos de longo prazo. 

“Quando a gente trouxe o Rogério, a gente sempre projetou que ele ficasse por um longo período. A gente sabe que ele não tem costume de deixar de cumprir o trabalho, ele não tem o perfil de abandonar o trabalho”, completou.

Palavra de Ceni

No domingo, depois da vitória do Fortaleza sobre o Ceará na partida de ida da final, Rogério Ceni assegurou, em entrevista coletiva, quenão havia recebido proposta do Atlético. "Não, não tenho proposta nenhuma. Estou trabalhando aqui no Fortaleza, estou feliz. Por enquanto, não tenho proposta nenhuma de ninguém".

O ex-goleiro não tem empresário e negocia os próprios contratos. Geralmente, o advogado João Henrique Chiminazzo é acionado apenas para revisar os termos de acordos já aceitos pelo técnico.

Ceni tem 75 jogos à frente do Fortaleza, com 43 vitórias, 15 empates e 17 derrotas. O aproveitamento geral é de 64%. Na atual temporada, ele comandou o Leão do Pici em19 ocasiões, com dez triunfos, seis empates e 3 reveses. O rendimento em 2019 é de 63,15%.

Final do Mineiro

Desde a demissão de Levir Culpi, o Atlético está sendo dirigido interinamente porRodrigo Santana, comandante do time sub-20. Ele foi confirmado pelo diretor de futebolRui Costapara os dois jogos decisivos da final do Mineiro contra o Cruzeiro. No primeiro, houve vitória cruzeirense por 2 a 1.No sábado, às 16h30, no Independência, o Galo depende de uma vitória para ficar com a taça. A Raposa joga pelo empate.

Fonte: Super Esportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: