Capa da Página Volantes decidem, Atlético vira sobre La Equidad e abre vantagem na Sul-Americana - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 37º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Volantes decidem, Atlético vira sobre La Equidad e abre vantagem na Sul-Americana

21/08/2019 às 09:02h

Facebook

O Atlético saiu em vantagem nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Na noite desta terça-feira, no Independência, o Galo levou um susto da La Equidad-COL no começo do jogo, mas conseguiu a vitória de virada por 2 a 1 (veja os gols no vídeo abaixo). Camacho, de pênalti, abriu o placar para os visitantes, mas Jair e Elias garantiram o triunfo do alvinegro, que jogará por um empate na Colômbia.

O time alvinegro levou o gol logo aos 3 minutos de jogo. A partir daí, passou a pressionar o adversário em busca da virada. Além dos gols de Jair, após bola escorada por Igor Rabello, e Elias, em chute de longe, o Galo acertou a trave três vezes e ainda perdeu um pênalti, com Cazares, quando o jogo ainda estava empatado por 1 a 1. O goleiro Novoa, que falhou no gol de Elias, foi o grande responsável pela vantagem mínima do time mineiro.

O próximo jogo entre as equipes será na próxima terça-feira, dia 27, às 21h30, no estádio El Campín, em Bogotá. O Galo precisa de apenas um empate na Colômbia para conseguir a classificação. Como na Copa Sul-Americana o gol como visitante é critério de desempate, La Equidad precisa apenas da vitória simples, por 1 a 0, para avançar. A equipe que avançar enfrentará o Colón-ARG na semifinal.

O Atlético agora muda o foco. No próximo sábado, às 11h, também no Independência, o alvinegro recebe o Bahia, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo

O time colombiano surpreendeu o Atlético no começo do jogo. Com o domínio da posse inicial, La Equidad obrigou Cleiton a fazer grande defesa em chute de González, aos 15 segundos. Pouco depois, o árbitro marcou pênalti de Elias em Motta. Na cobrança, Camacho deslocou o goleiro alvinegro e abriu o placar: 1 a 0

Num primeiro momento, o Galo sentiu o golpe. O time visitante seguia com a posse, enquanto o Atlético, com a marcação recuada, não conseguia jogar. A torcida alvinegra passou a ficar impaciente, mas logo o time reagiu. Ricardo Oliveira e Cazares acertaram a trave de Novoa. O centroavante ainda teve outra boa chance, mas a bola passou raspando.

Pouco a pouco, o Atlético passou a ter o domínio da partida. Os colombianos recuaram em busca de um contra-ataque. O Galo, com dificuldade de penetração, apostou nos cruzamentos para a área. E, aos 27', o time chegou ao empate. Cazares cobrou falta na área, Igor Rabello ajeitou para trás, e Jair fuzilou sem chances para Novoa: 1 a 1 .

Depois do empate, o Atlético seguiu em cima. No embalo da torcida, a equipe alvinegra passou a não dar chances para os adversários, que poucas vezes passaram do meio-campo. Réver, após cobrança de escanteio de Cazares, quase virou o jogo de cabeça, mas o goleiro Novoa espalmou a bola, que explodiu no travessão na sequência. No último lance da etapa inicial, foi a vez de La Equidad acertar o travessão de Cleiton, após cabeçada de Mahecha.

O Atlético voltou para o segundo tempo com a mesma postura, mas encontrou a mesma resistência defensiva da equipe visitante. Porém, as coisas começaram a melhorar quando o centroavante González acertou Réver numa disputa aérea e levou o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo.

Com isso, o Atlético ficou ainda mais ofensivo em campo. Rodrigo Santana colocou Otero em campo no lugar de Fábio Santos. A mexida acabou sendo prejudicial ao Galo. No lance seguinte, o VAR auxiliou o árbitro, que marcou pênalti em Jair. Sem o lateral-esquerdo, que é o cobrador oficial, Cazares assumiu a responsabilidade. O equatoriano bateu no canto direito de Novoa, que voou para fazer a defesa. No rebote, Otero colocou a bola no fundo das redes, mas o lance foi anulado, porque ele e Chará invadiram a área antes da cobrança.

O Atlético não se abateu com o erro e seguiu na pressão. Réver e Ricardo Oliveira tiveram boas chances, mas finalizaram por cima. Mas, aos 35', num chute de longa distância, Elias virou o jogo para o Galo. O volante arrancou livre e finalizou de fora da área. A bola foi no meio do gol e Novoa, que fazia grande partida, 'aceitou': 2 a 1.

Depois do gol da virada, o Atlético ainda teve grandes chances para ampliar a vantagem no Independência, mas parou nos erros dos jogadores de ataque, que desperdiçaram grandes chances. Fim de jogo e vitória alvinegra de virada no Horto.

ATLÉTICO 2 X 1 LA EQUIDAD-COL

Fonte: Super Esportes


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: