Capa da Página IMA registra quase 100 pessoas afetadas pela morte do Rio Paraopeba - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 20º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

12/02/2019 às 09:30h

IMA registra quase 100 pessoas afetadas pela morte do Rio Paraopeba

Facebook

Entre os dias 29 e 31 de janeiro, técnicos do IMA – Instituto Mineiro de Agropecuária – estiveram em algumas cidades da região Centro-Oeste de Minas Gerais, banhadas pelo Rio Paraopeba, para dar orientações e fazer um levantamento de quantas pessoas e produtores rurais foram atingidos pelo crime ambiental cometido pela mineradora Vale do Rio Doce, em Brumadinho (MG).

Após os três dias de visitas, foi constatado que 90 pessoas ao longo da extensão do rio utilizavam para algum fim a água do Paraopeba, como irrigação e tratamento de gado, entre outros. Sobre o assunto, a reportagem do Jornal da Cidade conversou com o fiscal agropecuário do IMA, Marcos Vinícius Freitas Pinto.

Em entrevista, ele destaca qual foi o resultado do levantamento feito no fim de janeiro:

Clique e ouça Marcos Vínicius

Marcos Vinícius destaca como os moradores próximos ao Rio Paraopeba foram orientados e o que será feito com os resultados obtidos pelo levantamento:

Clique e ouça Marcos Vínicius

É necessário ressaltar que a lama de rejeitos provenientes do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho ocasionou a morte do Rio Paraopeba, segundo a ONG S.O.S Mata Atlântica em toda sua extensão.


Por Henrique Silva



Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: