Capa da Página Pará de Minas cria comissão para colocar em prática projeto de castração, identificação, chipagem e adoção de animais de rua - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

15/03/2019 às 08:00h

Pará de Minas cria comissão para colocar em prática projeto de castração, identificação, chipagem e adoção de animais de rua

Facebook

Em pleno o Dia dos Animais, comemorado nessa quinta-feira (14), Pará de Minas deu um importante passo em relação aos cuidados e controle da população de cães e gatos de rua na cidade.

Na tarde de ontem (14), na Casa da Cultura de Pará de Minas foi criada uma comissão para acompanhar a situação dos animais de rua na cidade. Ela será composta por representantes da sociedade civil, Ama Pangeia e Secretaria Municipal de Saúde. Com o novo projeto, o CCZ – Centro de Controle de Zoonoses passa a ter autonomia, sem precisar consultar a Vigilância em Saúde.

Com a criação da comissão, em breve começa a ser colocado em prática o projeto de castração, identificação, chipagem e destinação para adoção de animais de rua, como explica o secretário municipal de Saúde, Paulo Duarte. De acordo com ele, já existe um projeto da Prefeitura, junto com o Governo Estadual para castrar cães e gatos em Pará de Minas:

Clique e ouça Paulo Duarte



Paulo Duarte explica que após as castrações, os animais estarão prontos para serem devolvidos ao seu habitat. Um dos caminhos será através de feira de adoção:

Clique e ouça Paulo Duarte



Em primeiro momento, o projeto será destinado apenas para animais de rua. Ronmel Brito, coordenador do CCZ explica como será o processo de castração, que deve começar em um mês:

Clique e ouça Romel Brito



Silvânia Rodrigues, membro da comissão e representante da sociedade civil aprovou a iniciativa lançada em pleno Dia dos Animais:

Clique e ouça Silvânia Rodrigues



O novo projeto vai ganhar uma sala no CCZ – Centro de Controle de zoonoses, no bairro João Paulo II, para castração dos animais de rua. A ONG Ama Pangeia vai ajudar na compra dos materiais para equipar o espaço. A ideia é contar com a sociedade civil para doações de outros materiais e ajuda de voluntários.


Por Sérgio Viana

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: