Capa da Página Região atendida pelo IMA de Pará de Minas está abaixo da meta de vacinação contra a Brucelose - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 27º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

22/10/2019 às 09:38h

Região atendida pelo IMA de Pará de Minas está abaixo da meta de vacinação contra a Brucelose

Facebook
A cobertura de vacinação contra a brucelose nos rebanhos de Minas Gerais alcançou, de janeiro a setembro de 2019, índice de 60,29%, com 1.337.766 bezerras imunizadas. No mesmo período de 2018, o índice registrado foi de 56,2%. A expectativa é que, até o final deste ano, a cobertura vacinal alcance 80%, meta estabelecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Em Minas Gerais, o órgão responsável por fiscalizar o rebanho é o IMA – Instituto Mineiro de Agropecuária. Nesse cenário, a reportagem do JC Notícias esteve no escritório da repartição estadual em Pará de Minas para saber como está a situação da vacinação contra a brucelose na região atendida pela entidade.

Em entrevista ao JC Notícias, o chefe do escritório do IMA em Pará de Minas, Lucas Silva Jardim explica o que é a brucelose e como está a situação da zoonose na região:

Clique e ouça Lucas Silva Jardim



Lucas destaca a obrigatoriedade da vacina contra a brucelose no rebanho mineiro e a aplicação feita por um profissional:

Clique e ouça Lucas Silva Jardim



O chefe do escritório do IMA em Pará de Minas ressalta que a segunda etapa da campanha se estende até o fim de dezembro. Ele informa os índices de vacinação nas cidades da região:

Clique e ouça Lucas Silva Jardim



A imunização contra a brucelose e a sua declaração ao IMA são obrigatórias desde 1989, estando o produtor inadimplente passível a multa de R$ 89,83/animal. Já o produtor que deixar de declarar a vacinação contra brucelose poderá ser multado em R$17,96 por animal.

Por Henrique Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: