Capa da Página Sepultado corpo de engenheiro de Pará de Minas vítima rompimento de barragem em Brumadinho - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 27º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

06/02/2019 às 08:30h

Sepultado corpo de engenheiro de Pará de Minas vítima rompimento de barragem em Brumadinho

Facebook

Foi sepultado na tarde dessa terça-feira (5), no Cemitério Municipal Santo Antônio, em Pará de Minas, o corpo do engenheiro Ricardo Henrique Lara, de 43 anos, morto após o rompimento da barragem da mineradora Vale, na cidade de Brumadinho. Familiares e amigos da vítima foram até o enterro para prestarem suas últimas homenagens.

A vítima, natural do município de Itaqui, no Rio Grande do Sul, veio para Pará de Minas, onde mora sua família paterna, aos cinco ano de idade. Após cursar o ensino fundamental e médio na cidade Patafufa, Ricardo Lara fez curso superior na PUC de Belo Horizonte, onde se formou engenheiro. China, como era conhecido por alguns amigos, arrumou emprego na mineradora Vale de Mariana, em 2006, onde ficou por quase 13 anos até a tragédia do dia 25 de janeiro, que vitimou outras dezenas de pessoas.

No dia do rompimento da barragem, Ricardo Lara, que atuava como supervisor foi para Brumadinho para uma reunião. O engenheiro estava no refeitório atingido pela lama e não conseguiu fugir a tempo. O corpo dele foi arrastado por cerca de 10 quilômetros do local, e ficou desparecido até ser encontrado na última sexta-feira (1º), como confirma o tio da vítima, Mário Lara, que mesmo bastante emocionado, aceitou gravar entrevista para o Jornal da Cidade.

Mário explica que o sobrinho era muito querido por ele, demais familiares e amigos:

Clique e ouça Mário Lara

Mário Lara espera que a justiça seja feita e os culpados sejam punidos:

Clique e ouça Mário Lara

De acordo com familiares, Ricardo Lara não tinha filhos e atualmente namorava com uma engenheira, funcionária da Vale da cidade de Mariana. Ela não estava em Brumadinho no dia do rompimento da barragem da mineradora.


Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: