Capa da Página Vereador pede vista no projeto que revoga o aumento do IPTU - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 34º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

10/10/2017 às 08:36h

Vereador pede vista no projeto que revoga o aumento do IPTU

Facebook


Na noite dessa segunda-feira (9), durante reunião ordinária da Câmara Municipal, o vereador Márcio Lara (PTC) pediu vistas no Projeto de Lei 174/17, que solicita a revogação do aumento do IPTU em Pará de Minas. Com a decisão, a votação da matéria ocorrerá somente daqui há 10 dias em outra sessão que será remarcada.

O projeto foi criado pelo vereador Marcos Aurélio dos Santos (DEM), que anunciou a decisão de apresentar a proposta de suspender o IPTU na última sexta-feira (6), durante entrevista coletiva a imprensa pará-minense. Conforme divulgado anteriormente pela Rádio Espacial FM, em um pronunciamento, o representante do Legislativo informou que a decisão partiu dele junto aos demais colegas que foram favoráveis a este aumento.

A tentativa de revogar o aumento do IPTU se deu após inúmeras manifestações da população, mesmo com as recentes defesas do prefeito Elias Diniz (PSD) pelo reajuste.

Na noite de ontem (9), após o projeto entrar em pauta, o vereador Márcio Lara preferiu pedir vistas no projeto, alegando que precisa de mais tempo para estudar a proposta. Nem mesmo sob protestos do autor da matéria e outros vereadores, ele mudou sua decisão se baseando em alguns artigos do regimento interno da Câmara:

Clique e ouça Márcio Lara

O vereador e autor da matéria, Marcos Aurélio dos Santos não entendeu o motivo do pedido de vistas, já que o projeto de lei que revoga a aprovação do IPTU é pequeno, mas respeitou o colega que está respaldado pela lei:

Clique e ouça Marcos Aurélio

O vereador Ênio Talma Ferreira de Rezende (PSDB), também não concordou com a posição do vereador Márcio Lara e acredita que o colega quer causar mais polêmica com a população:

Clique e ouça Ênio Talma

Conforme apurado pela equipe de reportagem do JC Notícias, alguns dos 9 vereadores favoráveis ao reajuste do IPTU chegaram a receber ameaças da população.O vereador Daniel Mello (Solidariedade), inclusive, teve seu abrigo de animais invadido. Durante a invasão o legislador foi agredido e cinco cães foram mortos.

Poucos cidadãos acompanharam a reunião dessa segunda-feira (9). O vereador Daniel Mello não participou pois estava em viagem importante, já Rodrigo Meneses (PMDB) não compareceu devido ao falecimento de seu pai, que será sepultado nesta manhã (10), às 9h.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: