Capa da Página Violência em escolas exige esforços da Secretaria de Educação - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 20º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

06/04/2015

Violência em escolas exige esforços da Secretaria de Educação

Facebook

A violência entrou de vez no currículo escolar. Só que, em vez de uma batalha no campo das ideias, alunos, professores, diretores e funcionários precisam conviver diariamente com agressões, ameaças e abusos.

O que era pra ser uma simples repreensão pela bagunça no corredor da escola, tornou-se caso de polícia após uma aluna partir para a agressão física contra a professora.

A docente bateu com a cabeça no chão, teve traumatismo craniano, ficou 15 dias no hospital e seis meses em casa até se recuperar.

Esse caso aconteceu em 2009, numa escola pública de Porto Alegre. A professora deu a volta por cima, enfrentou o medo da sala de aula, e hoje desenvolve um projeto de alfabetização que é exemplo no Rio Grande do Sul. Mas, passados seis anos do caso que ganhou repercussão nacional, a violência contra os educadores nas escolas se multiplicou.

Infelizmente, a situação em Pará de Minas não é diferente. O caso mais recente aconteceu na escola CAIC, no bairro Santa Edwirges, onde uma professora foi agredida com uma pá por um adolescente de 15 anos e a diretora foi desacatada com dizeres ofensivos por outro adolescente também de 15 anos.

De acordo com a secretária de Educação do município, Valéria de Assis Mendonça, a maioria dos alunos envolvidos em casos de agressão nas escolas, seja ela física ou psicológica, não tem nenhuma estrutura familiar.

imagemPara lidar com esses alunos e coibir a violência no ambiente escolar, Valéria destaca que a Secretaria de Educação está trabalhando em rede com as secretarias de Cultura, Saúde, Esporte e Assistência Social.

Clique e ouça Valéria Mendonça

A secretária destaca ainda que a escola tem o dever de educar os alunos, e não apenas de ensiná-los. Porém, a base da educação precisa ser dada pelos pais.

Ela explica que o trabalho que está sendo desenvolvido em rede vai acontecer constantemente nas escolas do município. No entanto, os resultados vão ser vistos ao longo do tempo.

Clique e ouça Valéria Mendonça

Em uma enquete realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana. Esse índice é o mais alto entre os 34 países pesquisados.

 

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: