Capa da Página Acusado de matar jovem a facadas em São José da Varginha é condenado a 5 anos de reclusão em regime semiaberto - - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 36º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

17/08/2019 às 09:09h

Acusado de matar jovem a facadas em São José da Varginha é condenado a 5 anos de reclusão em regime semiaberto

Facebook

Foi condenado a 5 anos de reclusão em regime semiaberto, o jovem Vinícius Silvestre Alves, de 21 anos, acusado de matar Fábio Augusto dos Santos, em dezembro de 2017, em uma estrada vicinal no povoado de Cachoeirinha, zona rural de São José da Varginha. O julgamento do réu ocorreu nessa sexta-feira (16), no Fórum Desembargador Pedro Nestor de Pará de Minas.

A sessão começou às 10h30, e terminou por volta das 19h30. Durante todo o dia, o Fórum ficou lotada de familiares, amigos e populares que queriam ver o desfecho do caso. No dia do homicídio, uma adolescente de 15 anos, namorada da vítima, relatou aos policiais que o namorado de 21 anos teve atritos anteriores com o seu ex-namorado, de 19 anos, por motivos de ciúmes dela.

A jovem disse ainda que no dia dos fatos, a vítima teve um novo atrito com seu ex-namorado e com um amigo dele de 15 anos, durante uma cavalgada religiosa que ocorria no povoado de Cachoeirinha. Os suspeitos foram embora do evento em cavalos e depois retornaram ao local em uma moto de cor prata, os quais abordaram o casal.

Ainda segundo a adolescente, os autores estavam armados com facas e partiram para cima da vítima, que tentou se defender, usando o próprio capacete de um deles, mas acabou atingido por um golpe desferido por Vinícius.

Ontem (16), durante o julgamento, parte da família de Fábio vestiu camisas com foto da vítima com homenagem. Faixas também foram colocadas em frente ao Fórum. Apesar da grande comoção, não houve confusão e a sessão ocorreu tranquila. A prima de Fábio, Estefane Marques Lima foi um dos familiares que cobraram Justiça:

Clique e Ouça Estefane Marques

Após várias horas de Júri Popular, os sete jurados votaram pela condenação de Vinícius Silvestre a 5 anos de reclusão em regime semiaberto. A decisão foi proferida pelo Juiz Leonardo Vieira Rocha Damasceno.

Em conversa com a reportagem do JC Notícias, o advogado de defesa, Wasley César de Vasconcelos comentou o resultado. Ele afirma que vai tentar diminuir ainda mais a pena de Vinícius:

Clique e Ouça Wasley Vasconcelos

O Promotor de Justiça, Renato Vasconcelos acredita que o veredito foi justo:

Clique e Ouça Promotor Renato

Familiares de Fábio ficaram bastante emocionados e não concordaram com o veredito. Vinícius Silvestre volta para a Pio Canedo, onde estava preso aguardando julgamento.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: