Capa da Página Dez pessoas são indiciadas por lavagem de dinheiro, tráfico e formação de quadrilha em Pará de Minas - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

05/12/2018 às 09:26h

Dez pessoas são indiciadas por lavagem de dinheiro, tráfico e formação de quadrilha em Pará de Minas

Facebook

Dez pessoas foram indiciadas por lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e formação de quadrilha em Pará de Minas. O inquérito foi encerrado, sendo solicitada a prisão preventiva dos envolvidos.

O dinheiro, cerca de R$ 1 milhão e 400 mil foi encontrado na madrugada do dia 2 de agosto, em uma casa na Vila Ferreira, em Pará de Minas. A apreensão ocorreu na Rua Tupinambas, conforme divulgado em primeira mão naquela época pelo Jornalismo da Rádio Espacial FM.

Após recebimento de denúncia, dando conta que indivíduos, envolvidos com um forte esquema de tráfico de drogas, que abastecia toda região e diversas cidades da Grande Belo Horizonte, estava utilizando uma residência como “escritório” da atividade ilícita de tráfico de drogas, foi programada operação pelas equipes da 19ª Companhia Independente.

Após monitoramento nas imediações, foi visualizado um indivíduo em uma motocicleta de grande porte com características a de um dos possíveis envolvidos que seria “segurança” do local. Ao ser ordenado a parada, ele fugiu, entrando na casa. O autor saiu pelos fundos do imóvel.

Durante buscas na casa, foram localizados mais de R$ 1,4 milhão, em dinheiro, suspeitos de serem produtos de tráfico, máquina de contagem de cédulas, diversos documentos pessoais e sacolas plásticas com identificação de comunidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte e mais valores.

Todo o material arrecadado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde teve início as investigações. Com base nas provas, foram indiciadas 10 pessoas. Os inquéritos já foram entregues ao Ministério público, que vai analisar o caso para oferecer denúncia a Justiça.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: