Capa da Página Familiares e amigos de adolescente morto por policial em Torneiros fazem protesto cobrando por Justiça - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 9º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

18/04/2019 às 08:15h

Familiares e amigos de adolescente morto por policial em Torneiros fazem protesto cobrando por Justiça

Facebook

Familiares e amigos do jovem Jhon Victor Nunes, de 16 anos, baleado nas costas no último domingo (14), por um policial no Distrito de Torneiros, em Pará de Minas, fizeram um protesto no fim da tarde de ontem (17), cobrando justiça para o caso. Os entes queridos do adolescente acreditam que houve excesso por parte do militar durante a abordagem.

O protesto ocorreu na Rua João Máximo, em frente a casa onde a vítima morava com os pais e irmãos. Por poucos minutos eles fecharam a via. Com cartazes e camisas estampando a foto do adolescente, os cerca de 60 manifestantes gritaram por Justiça e cobraram punição para o militar que atirou em Jhon.

Viviane Nunes da Silva, mãe do adolescente, espera que o protesto chame atenção das autoridades para que a morte de seu filho não seja esquecida, e que o culpado seja punido com o rigor da lei. Ela conta que tinha uma relação de amizade com o Jhon, o qual era uma pessoa boa, bem querida na comunidade e trabalhadora:

Clique e ouça Viviane Nunes

Maurício José Alves, proprietário da oficina de motos onde Jhon trabalhava, também participou da manifestação e relata que o adolescente, apesar da idade, era bastante trabalhador e responsável:

Clique e ouça Maurício Alves

Familiares e amigos continuam contestando as informações do Boletim de Ocorrência, ainda mais, devido a uma pessoa ter testemunhado toda a ação. Um dos manifestantes, amigo de Jhon faz questionamentos e também cobra justiça:

Clique e ouça Amigo

De acordo com o Boletim de Ocorrência, registrado pela Polícia Militar, uma equipe fazia abordagem a um veículo na estrada vicinal de Várzea do Pari, próximo ao Balneário do Zé Cornélio, no Distrito de Torneiros, quando se deparou com o motociclista se aproximando na moto.

Os militares disseram que deram ordens de parada ao condutor, através de palavras, gestos e sinais luminosos, mas ele desobedeceu, jogando o veículo contra um dos policiais que estava fora da viatura, o qual teve que efetuar um disparo com sua arma de fogo, em defesa de sua vida, após dar um passo para trás.

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, o motociclista fez uma manobra de derrapagem com sua moto, fugindo de volta em direção a Torneiros. Os militares embarcaram na viatura e fizeram rastreamento, localizando o condutor caído com a moto, às margens da estrada, um pouco mais à frente.

De acordo com a Polícia Militar, o policial mais diretamente envolvido na abordagem ao adolescente se encontra à disposição da Justiça Militar, que vai apurar o caso.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: