Capa da Página Homem se mata após assassinar ex-companheira em Formiga - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 33º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

12/01/2019 às 08:24h

Homem se mata após assassinar ex-companheira em Formiga

Facebook

Um crime passional deixou os moradores da cidade de Formiga, distante 150 km de Pará de Minas, abalados na noite da última quinta feira (10), quando um homem de 45 anos matou a ex-companheira e depois tirou a própria vida. De acordo com a Polícia Militar, o autor ainda tentou matar a filha da vítima, de 17 anos. O fato ocorreu na Rua Célio de Oliveira Guimarães, no Bairro Recanto da Praia.

Ao chegarem ao local, os militares se depararam com três pessoas caídas no chão, sendo uma adolescente de 17 anos de idade, consciente, que apresentava perfuração no peito e uma lesão na mão esquerda, uma mulher de 37 anos de idade, inconsciente, aparentemente com duas perfurações no tórax, e um homem de 45 anos, que apresentava lesão na cabeça.

As vítimas, mãe e filha, foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros até a Santa Casa de Caridade de Formiga, contudo a mulher de 37 anos de idade chegou ao hospital já sem vida.

Foi apurado que o autor teve um relacionamento amoroso com a vítima de 37 anos, porém já estavam separados. A mulher já havia sido ameaçada pelo autor, segundo testemunhas.

Conforme relatado das testemunhas, o autor chegou ao local do crime em um veículo Gol, cor prata, parou bruscamente e desceu com a arma de fogo em mãos, efetuando disparos contra as vítimas. Em ato contínuo, ele atirou na própria cabeça.

O revólver usado no crime foi encontrado ao lado do corpo do autor. Durante buscas no veículo, foram encontrados doze estojos, um facão e medicamentos.

A perícia técnica foi acionada e, após seus trabalhos, os corpos do autor e da vítima foram liberados para a funerária. A jovem de 17 anos permanece internada, sem mais informações sobre seu estado de saúde. A Polícia Civil está apurando o caso.

Por Sérgio Viana 


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: