Capa da Página Piloto faz pouso forçado e evita queda de avião em Pará de Minas - - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

26/06/2019 às 08:51h

Piloto faz pouso forçado e evita queda de avião em Pará de Minas

Facebook

Um avião fez um pouso forçado na tarde de ontem (25), em uma área de vegetação entre os bairros Santos Dumont e Jardim das Oliveiras, em Pará de Minas. Na aeronave haviam duas pessoas, sendo o piloto/instrutor de voo e o copiloto que era aluno. Ambos não ficaram feridos.

O piloto de 30 anos, que trabalha para o aeroclube de Pará de Minas, relatou que por volta das 16h, durante decolagem, sentiu perda de potência na aeronave modelo Cessna 152 PR – MBL e percebeu que não tinha como voltar para a pista. Nesse momento, ele decidiu fazer um pouso forçado em uma área de vegetação, porém o avião ficou descontrolado e caiu com o trem de pouso para o alto.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados ao local e fizeram o resgate das vítimas. O piloto estava consciente e sem ferimentos. Já o aluno, de 31 anos estava com algumas escoriações na cabeça e foi encaminhado para a UPA de Pará de Minas para realização de exames.

Em entrevista ao JC Notícias, o piloto Marcellus Augusto da Silva dá detalhes sobre o acidente. Segundo ele, o pouso forçado na área de vegetação foi importante para evitar que a aeronave caísse sobre casas e pessoas nas ruas. O instrutor acredita que sua experiência foi importante para evitar uma tragédia maior:

Clique e Ouça Marcellus Augusto

Capitão Lucas Maia, comandante da 2ª Companhia dos Bombeiros de Pará de Minas explica que foram disponibilizados todos os recursos para o socorro das vítimas, que felizmente não tiveram ferimentos graves:

Clique e Ouça Capitão Maia

O pouso realizado pelo instrutor para evitar a queda nas áreas residências é comum por parte de pilotos experientes, que são treinados para esse tipo de situação, como explica o vice-presidente do aeroclube de Pará de Minas, Wagner Silva:

Clique e Ouça Wagner Silva

A aeronave permaneceu no local durante toda a madrugada para que os fiscais do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – SERIPA III – façam a perícia com o objetivo de investigar as causas do acidente.

O aeroclube tomou todas as providências cabíveis, e segundo a direção, o acidente não vai atrapalhar as aulas em Pará de Minas.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: