Capa da Página Lava Jato denuncia homem apontado como responsável por transações internacionais de grupo comandado por doleira - Política - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Política

29/10/2019 às 10:40h

Lava Jato denuncia homem apontado como responsável por transações internacionais de grupo comandado por doleira

Facebook

A força-tarefa da Operação Lava Jato denunciou nesta segunda-feira (28) um homem apontado como responsável por transações internacionais de um grupo liderado pela doleira Nelma Kodama - delatora condenada em 2014.

Célio da Rocha Mattos Neto foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público Federal (MPF) por participação em organização criminosa, operação de instituição financeira irregular, gestão fraudulenta e evasão de divisas.

Segundo a força-tarefa, as investigações apontaram que ele foi um dos responsáveis pela simulação de importações para países como China, Israel, Itália, Espanha e Índia, entre outros, para justificar a remessa ilegal de dinheiro para o exterior.

O MPF apontou que, no período entre janeiro de 2012 e março de 2014, a organização criminosa enviou US$ 60 milhões para o exterior por meio de 1.058 operações de câmbio envolvendo empresas e offshores de fachada.

Outros integrantes do grupo já foram denunciados e condenados na operação, segundo a força-tarefa.

Para os procuradores, várias correspondência trocadas entre Célio, clientes e demais integrantes da organização criminosa indicam "uma participação ativa do denunciado no gerenciamento desses valores ilícitos e nas operações de 'dólar cabo' feitas pela organização".

Além do pedido de condenação à pena de prisão, o MPF pede a reparação de danos no valor de US$ 3 milhões, equivalente a 5% do valor total evadido.

Fonte: G1

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: