Capa da Página Palocci assina delação com a PF; Defesa de Lula pede envio de ações para SP - Política - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 27º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Política

26/04/2018 às 10:00h

Palocci assina delação com a PF; Defesa de Lula pede envio de ações para SP

Facebook

O ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci deve dar um novo impulso à Operação Lava Jato após fechar acordo de delação premiada com a Polícia Federal. O Globo destaca que Palocci está preso desde setembro de 2016 e já teria encerrado os depoimentos aos investigadores.

A colaboração ainda precisa ser homologada pela Justiça, mas já há expectativa sobre as informações prestadas pelo ex-ministro dos governos petistas. “Palocci assina acordo de delação premiada com PF”, sublinha a manchete do Globo.

Em sua manchete, a Folha de S.Paulo destaca que a defesa de Lula pediu o envio imediato das ações sobre a reforma do sítio de Atibaia e a compra do terreno do Instituto Lula para a Justiça de São Paulo.

Os advogados argumentam que, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de retirar trechos da delação da Odebrecht relacionadas a Lula das mãos do juiz Sérgio Moro, não há motivo para que os processos permaneçam em Curitiba.

O matutino também mostra que os procuradores que atuam na Lava Jato criticaram o julgamento da Segunda Turma do STF e chamaram a decisão de superficial e ininteligível. “Lava Jato critica STF, e Lula exige o envio de ações a São Paulo”, informa o título principal da Folha.

O Estado de S.Paulo destaca, por sua vez, as próximas eleições na manchete e enfatiza que o presidente Michel Temer e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) negociam montar uma chapa que reunifique o centro político brasileiro.

O jornal lembra que Alckmin é pré-candidato à Presidência da República e explica que uma das opções é que Temer desista de ser candidato a reeleição e abra espaço para que Henrique Meirelles seja o vice de Alckmin. “Temer e Alckmin negociam aliança para unificar centro”, revela a manchete do Estadão.

Fonte: G1

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: