Capa da Página Porsche Cayenne chega ao Brasil em três versões com preços de R$ 423 mil a R$ 733 mil - Veículos - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Veículos

17/08/2018 às 09:15h

Porsche Cayenne chega ao Brasil em três versões com preços de R$ 423 mil a R$ 733 mil

Facebook


De São Paulo -  Quando a Porsche lançou a primeira geração do Cayenne em 2002 muita gente torceu o nariz, pois era difícil acreditar que uma marca especializada em esportivos fosse capaz de desenvolver o projeto de um SUV que convencesse. E o modelo deu tão certo que a marca alemã já está trazendo sua terceira geração para o Brasil, com modificações de estilo, novos motores V6 e V8 mais potentes, câmbio automático de oito marchas e sistemas de condução que ajudam o motorista a se adequar a diferentes tipos de piso. O novo Cayenne é vendido em três versões com preços que vão de R$ 423 mil a R$ 733 mil. Mas como nem tudo é perfeito, o modelo fica devendo o ajuste elétrico da coluna de direção e o sistema de massagem nos bancos dianteiros, comuns em carros dessa categoria.

Embalada por seu crescimento mundial de 3%, a Porsche comemora as 130 mil unidades vendidas no primeiro semestre. E no Brasil, onde a empresa iniciou sua operação em 2015, a situação não é diferente, já que foi registrado crescimento de 30% nas vendas em relação ao primeiro semestre de 2017. O resultado prático disso é o aumento de investimentos no país, com a comercialização de toda a gama de produtos e abertura de novas concessionárias. Belo Horizonte terá uma revenda da marca inaugurada em dezembro, que é mais um empreendimento do grupo Bamaq, representante da Mercedes-Benz na cidade.


VISUAL E a mais recente novidade da Porsche para o mercado brasileiro é a terceira geração do Cayenne, SUV que já teve mais de 800 mil unidades vendidas no mundo, das quais 5.225 no Brasil. O novo modelo chega com linhas atualizadas, mas sem perder as características principais da marca. Com formas robustas, o novo Cayenne traz faróis com LEDs, capô com vincos marcantes e entradas de ar mais largas na dianteira. Os para-lamas volumosos  conferiram ao SUV da Porsche um aspecto mais musculoso. As lanternas traseiras também foram modificadas, ganhando formato horizontal, com elementos em 3D e LEDs. Opcionalmente, o modelo pode ser equipado com o Porsche Dynamic Light System (PDLS), com luz de curva e iluminação apropriada para estrada, ou com o novo farol de LED Matrix com 84 diodos luminosos, controláveis individualmente.

O novo Porsche Cayenne manteve a medida entre-eixos (2,89m), mas está 6,3cm maior em comprimento e 9mm mais baixo em relação à geração anterior. O porta-malas ganhou 100 litros, chegando a um total de 770 litros. O modelo traz na dianteira o sistema Active Air Flaps, com elementos autoajustáveis, que abre quando é necessário otimizar a refrigeração do motor, e fecha para reduzir o arrasto e aumentar a eficiência energética. Nas laterais do para-choque dianteiro os air blades reduzem a turbulência nas rodas e ajuda a resfriar os enormes discos de freios. Na traseira, o spoiler com diferentes ajustes melhora ainda mais a aerodinâmica do SUV alemão. As rodas podem ser de 20 ou 21 polegadas, com pneus de perfil baixo.

TECNOLOGIA Por dentro, o Caynne chama a atenção pelo acabamento luxuoso, com materiais de qualidade e montagem perfeita. No centro do painel, destaque para a nova tela touch Full HD de 12,3 polegadas do Porsche Communication Management, sistema multimídia com funções digitais que podem ser operadas de modo intuitivo ou por comando de voz. O painel de instrumentos traz um tacômetro analógico centralizado, ladeado por dois displays full HD de sete polegadas, que exibem todos os demais dados de direção e informações personalizadas que podem ser selecionadas por meio do volante multifuncional. O modelo pode ser equipado com assistente de visão noturna com câmera termográfica, assistente para ponto cego, controle de troca de pista com reconhecimento de sinalizações de trânsito, e o Park Assistent com Surround View. Mas curiosamente, o ajuste de altura e distância do volante e a regulagem lombar dos bancos dianteiros não são elétricos. Ficou devendo também o massageador dos bancos, comum em modelos dessa faixa de preço.


A versão de entrada do Porsche Cayenne é equipada com o novo motor V6 3.0 litros, turbo, que desenvolve 340cv e 45,9kgfm de torque, acelerando até 100km/h em 5,9 segundos, com máxima limitada em 245km/h. Já a versão Cayenne S traz sob o capô um V6 2.9 litros biturbo, de 440cv e 56,1kgfm, que leva o SUV aos 100km/h em 4,9 segundos, com máxima de 265km/h. Mas a cereja do bolo é a versão Cayenne Turbo, equipada com um V8 de 4.0 litros, 550cv e absurdos 78,5kgfm de torque. A usina de força faz o SUV acelerar até 100km/h em apenas 3,9 segundos, com máxima de 286km/h. Todas as versões são equipadas com o novo câmbio Tiptronic S de oito velocidades, com conversor de torque e 7ª e 8ª marchas mais longas.

O pacote Sport Chrono, de série no Cayenne Turbo e opcional nas demais versões, traz sistema com quatro modos de condução, tecla sport response, controle de largada, cronômetro e modo PSM Sport. A versão topo de linha traz ainda freios a disco com revestimento de carboneto de tungstênio, que proporciona 30% a mais de durabilidade. O sistema de tração integral Porsche Traction Management conta com bloqueio de diferencial e o seletor de modos de condução para rodar sobre cascalho, lama, areia e pedras. A suspensão conta com sistema pneumático e o novo Porsche Dynamic Chassis Control Sport associado ao eixo traseiro direcional mantém o carro firme na pista, sem rolagem lateral.


DIRIGINDO Na prática, toda essa tecnologia atuando em parceria com o eficiente conjunto mecânico do novo Cayenne faz do SUV um verdadeiro esportivo familiar. Na apresentação do modelo em São Paulo, dirigimos a versão mais “mansa”, a Cayenne de 340cv. É impressionante como o carro desenvolve suavemente, ganhando velocidade de maneira descomunal, proporcionalmente ao peso do pé no acelerador. Se pisar fundo, as costas afundam no encosto do banco e as marchas vão trocando rapidamente, sem trancos. É preciso ficar de olho no velocímetro para não exceder os limites de velocidade. E as suspensões garantem um rodar seguro, permitindo entrar em curvas em velocidade mais alta, sem qualquer inclinação da carroceria ou ameaça de desgarrar do solo. É uma SUV para quem gosta de um pouco mais de emoção ao volante.

(*) Jornalista viajou a convite da Porsche do Brasil

PREÇOS
Cayenne    R$ 423 mil
Cayenne S  R$ 523 mil
Cayenne Turbo  R$ 733 mil

Fonte: Hoje em Dia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: