Capa da Página Volkswagen confirma fim da produção da SpaceFox - Veículos - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 20º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Veículos

07/01/2019 às 10:32h

Volkswagen confirma fim da produção da SpaceFox

Facebook

A Volkswagen confirmou nesta quinta-feira (3) que a SpaceFox está saindo de linha. Segundo comunicado da fabricante, o fim da produção será "no primeiro trimestre de 2019".

A data até parece otimista, já que a Volkswagen da Argentina, que produzia o a perua na unidade de General Pacheco, colocou as linhas de produção da SpaceFox à venda.

O negócio será feito via leilão, pela empresa Narvaez Superbid. São dois lotes. O primeiro traz a linha de montagem da carroceria, e está sendo oferecido por 400 mil pesos, o equivalente a R$ 40.200, segundo cotação desta quinta-feira (3).

O segundo é da linha de produção de motor e câmbio, e pode ser arrematado por 200 mil pesos, ou R$ 20.100. Somados, os dois lotes estão sendo oferecidos por pouco mais de R$ 60 mil, valor inferior ao preço do modelo no Brasil - a partir de R$ 66.190.

Os interessados podem dar lances até o dia 22 de janeiro. No entanto, até a última atualização desta reportagem, ninguém fez ofertas.

Apesar de ter as linhas de produção colocadas em leilão, a SpaceFox ainda aparece nos sites da Volkswagen do Brasil e da Argentina. Por aqui, há uma única versão, equipada com motor 1.6 de 104 cavalos. O câmbio pode ser manual ou automatizado, ambos de 5 marchas.

m 2018, a SpaceFox teve 5.573 unidades emplacadas. Como comparação, o sedã Virtus, da mesma faixa de preço, vendeu 41.634 exemplares.

De acordo com a Volkswagen, o fim da produção da SpaceFox nas proximidades de Buenos Aires se deu pela necessidade de abrir espaço para a implantação de uma nova plataforma e de uma cabine de pintura para novos veículos que serão feitos no local.

O modelo inédito será o SUV Tarek, com produção confirmada em General Pacheco e lançamento previsto até o final do ano que vem. Para isso, a fabricante investiu US$ 650 milhões na unidade.

O Tarek será um dos maiores rivais do Jeep Compass, o SUV mais vendido do Brasil atualmente.

Fonte: G1


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: