Capa da Página Manifestantes fazem protesto contra morte em Porto Alegre e loja do Carrefour é invadida em SP - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

21/11/2020 às 08:00h

Manifestantes fazem protesto contra morte em Porto Alegre e loja do Carrefour é invadida em SP

Facebook

A 17ª Marcha da Consciência Negra em São Paulo, que nesta sexta-feira (20) pediu justiça pela morte de João Alberto em Porto Alegre, terminou em quebra-quebra e invasão e uma unidade do Carrefour da rua Pamplona no bairro dos Jardins, Zona Sul da capital paulista.

Após o fim do ato pacífico, um pequeno grupo de manifestantes usou pedras e paus para atacar a loja e quebrar vidraças da unidade, que fica dentro de um shopping da região.

Os manifestantes também entraram no supermercado e atearam fogo em alguns produtos.

Seguranças do Carrefour usaram extintores para apagar as chamas e fecharam a loja com clientes dentro, para evitar novos tumultos.Ninguém se feriu no ato, mas ao menos um carro que estava no estacionamento do shopping também foi atacado e destruído pelos manifestantes. A fachada de fora da loja teve os vidros destruídos, assim como uma das escadas rolantes do shopping.

A manifestação começou por volta das 16h, no vão livre do Masp, na Avenida Paulista. Os manifestantes se dirigiram à unidade do Carrefour da rua Pamplona, por volta de 18h30.

Durante o ataque ao supermercado, organizadores da marcha pediam no microfone para os manifestantes não danificarem a unidade, mas não foram ouvidos pelo pequeno grupo que atacou o supermercado.

17ª Marcha da Consciência Negra

A 17ª Marcha da Consciência Negra foi convocada por organizações do movimento negro com o tema "Vidas Negras Importam".

O ato na capital paulista também pede justiça pela vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada no Rio de Janeiro em março de 2018, além de lembrar a violência sofrida pela população negra nas periferias do Brasil.

Fonte: G1

Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: