Capa da Página Atlético joga mal, é goleado pelo São Paulo e vê líder disparar na Série A - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Atlético joga mal, é goleado pelo São Paulo e vê líder disparar na Série A

17/12/2020 às 09:06h

Facebook

A luta pelo título ficou complicada para o Atlético. No confronto direto da noite desta quarta-feira, no Morumbi, o Galo fez uma partida apática, de pouca intensidade e criação, e acabou goleado pelo líder São Paulo, por 3 a 0. Igor Gomes, Gabriel Sara e Toró balançaram as redes pelo tricolor. 

Com a derrota, o Atlético permanece com 46 pontos no Campeonato Brasileiro. O São Paulo chega a 53 e abre sete pontos de vantagem, restando apenas 12 rodadas para o fim da competição. 

Os dois times voltarão a campo pelo Campeonato Brasileiro apenas no dia 26 de dezembro. No último jogo em 2020, o Galo recebe o Coritiba, às 17h, no Mineirão. No mesmo dia, às 21h, o São Paulo visita o Fluminense, no Maracanã.

O jogo

Sampaoli surpreendeu na escalação do Atlético. Colocou em campo um time com três zagueiros - entrou Igor Rabello na vaga de Hyoran -, e escalou o jovem Calebe no lugar de Matías Zaracho.

O técnico argentino buscou superioridade no setor defensivo, escalando a equipe no 3-4-3, com mais liberdade para os laterais. Sem a bola, o Galo se posicionou no 5-2-3. Isso fez o Atlético ter muitas dificuldades para marcar o meio-campo do tricolor.

Tchê Tchê, Gabriel Sara e Igor Gomes tiveram muita liberdade para avançar em campo. Sem a bola, o tricolor não dava espaço para o Galo sair jogando. O São Paulo criou chances com Daniel Alves, Brenner e Reinaldo, enquanto Allan finalizou uma bola com perigo pelo Atlético.

Mas foi o São Paulo que abriu o placar, aos 24’. Tchê Tchê arrancou sem marcação, encontrou Igor Gomes entre as linhas do Atlético. O meia girou e finalizou forte da entrada da área. Everson não alcançou e a bola estufou as redes do Morumbi: 1 a 0.

Depois do gol, o Atlético tentou encontrar formas de atacar o tricolor, mas errou em muitas tomadas de decisão. Savarino e Keno pararam em Volpi, em lances que a finalização não era a melhor opção. No fim da etapa inicial, ainda deu tempo de Everson salvar o Galo em cobrança de falta de Daniel Alves.

Sampaoli mudou o Galo no intervalo. Entrou Alan Franco na vaga de Igor Rabello. Desta forma, o alvinegro passou a ter maior vantagem e posse no setor de criação.

O começo da etapa final foi animador para o Atlético, que criou boas situações, mas não teve boas finalizações. O São Paulo, aos poucos, começou a encaixar a marcação. No ataque, o tricolor assustou em alguns lances isolados.

A situação ficou melhor para os donos da casa aos 29 minutos do segundo tempo. Allan, que levou um cartão amarelo aos 22’ por revidar uma entrada de Tchê Tchê, fez falta em Daniel Alves e foi expulso.

E o tricolor aproveitou os espaços. Trocou passes sem ser incomodado até a bola chegar a Vitor Bueno. Pela esquerda, ele cruzou, a bola passou pela defesa e encontrou Gabriel Sara, livre, para finalizar e balançar as redes: 2 a 0.

No fim, Toró, que havia acabado de entrar em campo, arrancou pela esquerda, limpou a jogada e finalizou sem chances para o goleiro Everson: 3 a 0 e fim de jogo.

São Paulo 3 x 0 Atlético

Fonte: Super Esportes

Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: