Capa da Página Com chance de ser líder, América recebe Brasil de Pelotas e busca quarta vitória seguida na Série B - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

AMÉRICA MG

Com chance de ser líder, América recebe Brasil de Pelotas e busca quarta vitória seguida na Série B

20/10/2020 às 08:52h

Facebook

Em busca da quarta vitória consecutiva na Série B, o América recebe o Brasil de Pelotas, às 16h30 desta terça-feira, no Independência, pela 17ª rodada. Embora dependa de uma difícil combinação de resultados, a equipe comandada pelo técnico Lisca entra em campo com chances de chegar à liderança da competição.

A conta para o América (3º, com 29 pontos) se tornar primeiro colocado na segunda divisão já nesta terça é bater o Brasil por quatro gols de diferença e torcer para que a Chapecoense (2ª, com 30) não vença a Ponte Preta (4ª, com 27), no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), a partir das 21h30.

Se os resultados forem favoráveis, o Coelho passará a "secar" o Cuiabá (1º, com 32), que enfrentará o Paraná (6º, com 24) nesta quarta-feira, às 19h, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). Em nenhuma hipótese, o time mato-grossense poderia somar ponto na 17ª rodada.

Caso supere o Xavante por três gols de vantagem e conte com empate ou revés da Chape, o América pularia ao segundo lugar e continuaria dependendo de derrota simples do Cuiabá diante do Paraná. Nesse cenário, o alviverde ultrapasaria a equipe do Centro-Oeste no saldo de gols.
 
Possibilidade de novo recorde

 
Se conseguir os três pontos em cima do Brasil de Pelotas, o Coelho alcançará sua maior sequência de vitórias nesta Série B. O alviverde vem de três triunfos sobre Vitória (2 a 1), Náutico (2 a 0) e Botafogo-SP (2 a 1).
 
O resultado positivo sobre o time de Ribeirão Preto fez o América igualar a sua primeira série de vitórias, entre a quinta e a sétima rodada: Oeste (2 a 1), Cruzeiro (2 a 1) e Paraná (1 a 0).
 
Base preservada

 
O América não terá novidades na escalação para enfrentar o Brasil de Pelotas. Isso porque quatro jogadores seguem sob os cuidados do departamento médico.
 
O meia Alê foi diagnosticado com um edema na coxa esquerda e já deu início ao tratamento. Ja o atacante Rodolfo segue com dores na coxa direita. Além deles, o zagueiro Eduardo Bauermann está em recuperação de cirurgia no joelho esquerdo.
 
O volante Juninho, por sua vez, faz trabalhos de transição após tratamento de uma lesão muscular na coxa esquerda.
 
Dessa forma, a base da equipe que enfrentou o Botafogo-SP será mantida. O atacante Marcelo Toscano, que marcou belo gol de falta na vitória por 2 a 1 (o segundo dele na Série B), espera estender o bom aproveitamento no fundamento.

“Como falei na entrevista após a partida, isso é fruto do trabalho. Sou um dos atletas que ficam após o treino trabalhando a bola parada. Sabemos que a bola parada decide uma partida, assim como foi nesse jogo. Tive a felicidade de acertar um belo chute”.
 
Brasil de Pelotas
 
O Brasil de Pelotas, do técnico Hemerson Maria, tem três reforços para o jogo desta terça. O goleiro Rafael Martins, o volante Souza e o meia Matheus Oliveira cumpriram suspensão automática e estão disponíveis novamente.
 
Por outro lado, o volante Bruno Matias e o meia Rafael Vinícius receberam o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Figueirense, pela 16ª rodada, e não foram relacionados.
 
AMÉRICA X BRASIL DE PELOTAS

Fonte: Super Esportes

Foto: Mourão Panda/América

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: