Capa da Página Lisca vibra com classificação do América e exalta boa campanha no Mineiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 18º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

AMÉRICA MG

Lisca vibra com classificação do América e exalta boa campanha no Mineiro

16/03/2020 às 07:22h

Facebook

O América é a primeira equipe classificada à semifinal do Campeonato Mineiro. O Coelho venceu o Patrocinense, neste domingo, por 1 a 0, e garantiu vaga na próxima fase da competição com duas rodadas de antecedência. E o técnico Lisca vibrou com a campanha de seus comandados na competição.

O Coelho segue invicto na temporada 2020. São 12 jogos - nove pelo Estadual e três pela Copa do Brasil -, com sete vitórias e cinco empates. No Mineiro, foram seis triunfos em nove partidas. Para o treinador, o clube faz uma grande campanha, especialmente pela sequência de jogos realizada no período.
 
“Primeiro de tudo cumprimentar o clube América. Fazer 21 pontos em 27 não é fácil, ainda mais com essa sequência de jogos que estamos tendo, com Copa do Brasil, interior, viagens. Também comprimentar a equipe por já estar classificada antecipadamente,

com duas rodadas de antecedência”, disse o treinador, que exaltou a volta por cima da equipe que, no ano passado, deixou o acesso à Série A escapar na última rodada.
 
“Essa equipe está com aquele acesso engasgado, aquele jogo contra o São Bento em casa. Hoje queríamos mostrar que, na hora da decisão, nosso time cresce e sabe ganhar jogo”.
Sobre o jogo
Lisca também falou sobre as mudanças feitas na equipe para o duelo contra o Patrocinense. O treinador exaltou o atacante Léo Passos, autor do gol da vitória após jogada de insistência na marcação.
 
“Temos que parabenizar, foi um jogo difícil, com campo pesado. O piso, por baixo, é bem irregular, não facilita nosso tipo de jogo, de leveza de circulação, triangulação e transição rápida. Então o jogo foi de uma bola, bola parada também. Mérito do Léo, que soube pressionar bem, roubar a bola e fazer o gol. Não tivemos muitas chances, nem eles. Foi um jogo de poucas chances, as defesas se sobressaíram. Fica muito mais de ligação e imposição”.
 
“Importante hoje, depois de sair na frente, era não tomar um gol e sair daqui com os três pontos. Combinado com a derrota do Cruzeiro, o quinto colocado já não nos alcança mais. Esse primeiro objetivo já foi, vamos para o próximo, que é tentar ficar em primeiro para ter as vantagens, tanto na semi quanto na final. Não é definitivo, mas você poder jogar dois jogos de mata-mata por resultados iguais pode ser uma vantagem bem grande. Pelas minhas pesquisas, nos últimos oito anos, seis vezes a equipe que se classificou em primeiro acabou sendo campeã”, concluiu.

Fonte: Super Esportes

Foto: João Zebral/América

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: