Capa da Página Médico do Atlético explica nova lesão do volante Gustavo Blanco - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Médico do Atlético explica nova lesão do volante Gustavo Blanco

29/05/2020 às 09:14h

Facebook

Pouco tempo após se recuperar totalmente da segunda cirurgia no joelho esquerdo, o volante Gustavo Blanco, do Atlético, sofreu uma nova lesão - ruptura de tendão do músculo reto femoral no quadril esquerdo. Ele deve ficar fora das atividades na Cidade do Galo nas próximas semanas.

Diretor médico do Atlético, Rodrigo Lasmar explicou o novo quadro de Gustavo Blanco e como será feito o tratamento da lesão do volante.

“Durante um movimento de chute, o Blanco acabou rompendo o tendão do músculo reto femoral. Esse é um músculo que faz o movimento de chute. Na hora que ele estende o quadril e vai arrancar para bater na bola, acabou sentindo um estalo e o exame confirmou a ruptura desse tendão. Ele fará o tratamento aqui no CT, à base de fisioterapia, e usaremos todas as alternativas que temos para tentar acelerar ao máximo esse processo e tê-lo de volta”, disse Lasmar, que não quis dar um prazo de recuperação para o jogador.

“De qualquer maneira, é um processo que demanda um tempo de cicatrização desse tendão, até que ele tenha condições de voltar, gradativamente, às atividades físicas”, completou.

Essa é a quarta lesão de Gustavo Blanco desde que chegou ao Atlético, em julho de 2017. Logo em seu começo pelo clube, sofreu uma tendinite com ruptura parcial do tendão de aquiles que o afastou por quase 100 dias.

Em 2018, pouco depois de assumir a titularidade e se tornar peça importante do Atlético em campo, sofreu grave lesão no joelho esquerdo, com rompimento ligamentar, durante treino na Cidade do Galo.

Blanco se recuperou em janeiro de 2019. Perto do retorno aos gramados, em fevereiro, sofreu novo rompimento nos ligamentos do joelho esquerdo e ficou em recuperação por cerca de um ano.

O jogador ganhou tempo para entrar em forma com a paralisação do futebol brasileiro em função da pandemia do novo coronavírus. Na retomada das atividades, vinha treinando normalmente com o grupo alvinegro. Mas, depois de uma semana de atividades, acabou sofrendo a quarta lesão pelo clube.

Fonte: mg.superesportes

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: