Capa da Página Sobis marca de falta, Cruzeiro vence e quebra invencibilidade da Chapecoense na Série B - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Sobis marca de falta, Cruzeiro vence e quebra invencibilidade da Chapecoense na Série B

25/11/2020 às 09:02h

Facebook

O Cruzeiro fez bom jogo na Arena Condá e venceu a Chapecoense por 1 a 0, nesta terça-feira, pela 23ª rodada da Série B. O atacante Rafael Sobis marcou o único gol da partida, aos 33min do segundo tempo, em cobrança de falta no canto direito. Antes de balançar a rede, o jogador havia carimbado o travessão, também em tiro livre, além de exigir boa defesa de João Ricardo em chute de longa distância na etapa inicial.

As estatísticas do duelo mostraram que a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari não se intimidou com a ótima campanha da Chape, líder isolada da Série B, com 47 pontos. Foram 17 finalizações da Raposa, sendo seis em direção à meta, ao passo que os donos da casa contabilizaram apenas um chute no alvo em sete tentativas.

O resultado em Santa Catarina fez o Cruzeiro derrubar a invencibilidade de 17 jogos da Chapecoense na Série B (10 vitórias e sete empates). O clube celeste continua em 15º, com 28 pontos, porém em distância menor para o quarto colocado, Juventude, que ficou com 37 ao perder para o América por 2 a 1, no Independência. O próximo confronto é com o Confiança, às 21h30 de sexta-feira, no Mineirão, pela 24ª rodada.

Felipão surpreendeu ao deixar Marcelo Moreno no banco de reservas e escalar o Cruzeiro sem uma referência na grande área. Quem mais se aproximou dessa função foi Rafael Sobis. Nas pontas, o treinador colocou Airton na direita e Pottker na esquerda. No meio-campo, optou por Adriano ao lado de Jadsom Silva e recuou Ramon à defesa em razão da ausência de Cacá.

O Cruzeiro teve méritos ao criar boas jogadas contra uma Chapecoense bem posicionada e taticamente organizada. Ainda que o adversário tenha tentado dificultar ao máximo as ações ofensivas, a Raposa terminou a primeira etapa com sete finalizações, quatro delas em direção à meta de João Ricardo.

O goleiro da Chape brilhou aos 34min, quando Régis soltou a bomba de dentro da grande área, após assistência de Airton. Antes, aos 17min, pulou no canto esquerdo para espalmar o chute de longa distância de Rafael Sobis. E aos 13min, havia contado com a sorte após Adriano perder o tempo de bola e errar cabeceio a menos de cinco metros da baliza.

Defensivamente, o Cruzeiro esteve seguro com Cáceres, Manoel e Ramon. O ponto negativo foi o nervosismo de Patrick Brey, que se atrapalhou em lances aparentemente simples de domínio de bola e passes de três metros. Apesar das falhas, o lateral-esquerdo ganhou voto de confiança de Felipão e continuou na partida.

No intervalo, Umberto Louzer, técnico da Chapecoense, tirou Matheus Ribeiro e colocou Denner. Com isso, Paulinho Moccelin passou a jogar aberto na direita, no um contra um diante de Patrick Brey. Um vacilo do lateral cruzeirense, aos 12min, quase terminou em gol dos donos da casa, mas Fábio estava bem posicionado e encaixou a finalização de bicicleta de Anselmo Ramon.

Aos 19min, o árbitro Zandick Gondim Alves Junior deu pênalti de Luiz Otávio em Rafael Sobis, porém o assistente número um, Francisco de Assis da Hora, assinalou escanteio. A imagem do Premiere FC confirmou que o zagueiro da Chapecoense tocou na bola, não havendo, portanto, a infração no atacante celeste. Aos 27min, a Raposa voltou a levar perigo. Sobis experimentou de longe em cobrança de falta e carimbou o travessão.

Melhor no jogo, o Cruzeiro continuou em cima. Aos 31min, Cáceres levantou a bola na grande área, e a defesa catarinense afastou. Na sobra, Jadsom ficou com a redonda, driblou Felipe Santana e acabou derrubado na meia-lua. Falta perigosíssima. Sobis, que havia acertado a trave pouco antes, encarregou-se novamente da batida. Dessa vez, o camisa 23 mandou a bola no canto direito, sem chances para João Ricardo, e garantiu a vitória por 1 a 0.

CHAPECOENSE 0X1 CRUZEIRO

Fonte: Super Esportes

Foto: Igor Sales /Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: