Capa da Página VAR erra, e Cruzeiro só empata com Ituano em jogo atrasado pela Série B - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 11º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

VAR erra, e Cruzeiro só empata com Ituano em jogo atrasado pela Série B

06/07/2022 às 08:40h

Facebook

Depois de três vitórias consecutivas, o Cruzeiro terminou uma partida sem o resultado positivo na Série B. Em jogo marcado por um erro do VAR, que confirmou anulação de gol legal de Edu, o time celeste só empatou por 1 a 1 com o Ituano, nesta terça-feira (5), no duelo atrasado da 14ª rodada.

Os gols da partida foram marcados por Luvannor e Bernardo Schappo. Desde os 15' do segundo tempo, o Cruzeiro jogou com um atleta a mais em campo. O zagueiro Lucas Dias foi expulso após falta em Daniel Júnior. Ele era o último homem do lance, que representava chance clara para a Raposa.

Mesmo sem os três pontos, o Cruzeiro segue líder isolado da Série B. O time celeste soma 38 pontos - sete a mais em relação ao vice-líder Vasco e 15 a mais do que o Criciúma, 5º colocado e primeiro clube fora do G4. 

Pela 17ª rodada da Série B, o Cruzeiro medirá forças com o Guarani, em duelo marcado para as 11h de sábado (9), no Brinco de Ouro, em Campinas. A delegação celeste permanecerá em Itu, onde realizará atividades até sexta-feira (8), véspera do jogo.
O jogo

Diferentemente dos últimos compromissos pela Série B, desta vez o Cruzeiro fez um primeiro tempo morno no Novelli Júnior. Embora tenha registrado mais posse de bola (70% a 30%), o time de Paulo Pezzolano sentiu muita falta de Neto Moura no meio-campo e foi pouco agressivo.

Em estratégia reativa, marcando em blocos baixos, o Ituano também não teve capacidade para criar grandes oportunidades. A principal foi em bola parada, aos 36', quando Bernardo Schappo ganhou pelo alto, após cobrança de escanteio, e quase surpreendeu Rafael Cabral.

Mas o primeiro tempo ficou marcado mesmo por um erro da arbitragem. Aos 44', Edu recebeu de Matheus Bidu na pequena área e estufou a rede de Pegorari. O assistente Michael Correia, do Rio de Janeiro, no entanto, marcou impedimento. O VAR, de forma equivocada, confirmou a decisão de campo ao traçar linha incorreta.

Na volta do intervalo, com postura diferente, o Cruzeiro logo abriu o marcador. Aos 9', Luvannor fez jogada pelo lado direito e cruzou para a área. A bola bateu na coxa de Pegorari e entrou.

1 a 0.

Seis minutos depois, Daniel Júnior recebeu em velocidade, já no campo de ataque, e conduziu até a intermediária. Último homem de defesa, Lucas Dias parou o meio-campista com falta e foi expulso pelo árbitro Bruno Arleu de Araújo.  

Com um a menos e atrás do placar, o Ituano partiu para o ataque sem ter muito o que perder. O gás deu resultado, até pelos espaços deixados pelo Cruzeiro. Aos 33', em falha coletiva da defesa celeste, Bernardo Schappo aproveitou finalização de Gabriel Barros e desviou, dando números finais ao placar. 1 a 1.

ITUANO 1x1 CRUZEIRO

Fonte: Super Esportes
Foto: Rádio Espacial FM / Montagem

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: