Capa da Página - Comunidade de Meireles protocola documento junto ao MP pedindo reparações e compensações das perdas causadas pela Vale - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

08/03/2021 às 08:30h

Comunidade de Meireles protocola documento junto ao MP pedindo reparações e compensações das perdas causadas pela Vale

Facebook

Moradores do Distrito de Meireles, em Pará de Minas protocolaram um documento com mais de 200 assinaturas, junto ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) solicitando reparações e compensações devido as perdas causadas pelas obras de construção da nova adutora do Rio Pará, realizadas pela Mineradora Vale.

Os moradores entendem que Meireles tem direito a uma fatia do valor estimado em pouco mais de R$ 21 milhões. Após reunião entre eles, ficou decidido que algumas ações de reparos precisam ser feitos na comunidade, como recomposição integral do calçamento, manutenção das estradas de acesso ao distrito, entre outros serviços reparatórios.

Com relação as ações compensatórias, os moradores pedem melhorias para a Escola Municipal Marechal Deodoro, reformas na quadra de esportes, posto de saúde e na praça do povoado. Também foi solicitada a criação de uma feira comunitária. Um velório também está sendo solicitado como ação compensatória.

Em entrevista ao JC Notícias, Guilherme Tobias, morador de Meireles, confirma a mobilização da comunidade e dá mais detalhes do que está sendo solicitado junto ao MP:

Clique e ouça Guilherme Tobias

O Ministério Público ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A nova adutora de captação de água do Rio Pará teve que ser construída pela Mineradora Vale, após o Rio Paraopeba, que abastecia Pará de Minas ter sido contaminado por rejeitos da barragem da empresa em Brumadinho, que se rompeu em janeiro de 2019, provocando danos em vários municípios.

Por Sérgio Viana

Fotos: João Pedro


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: