Capa da Página Vale atrasa entrega da obra da adutora do Rio Pará e MP aplicará multa diária de R$ 100 mil - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 10º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

30/07/2020 às 08:42h

Vale atrasa entrega da obra da adutora do Rio Pará e MP aplicará multa diária de R$ 100 mil

Facebook

O prazo para a entrega da obra da adutora de captação de água do Rio Pará, que garantiria o novo sistema de abastecimento de Pará de Minas, venceu no dia 10 de julho, conforme acordado através de um TAC – Termo de Ajustamento de Conduto. Porém, segundo informações do Ministério Público (MP), o serviço ainda não ficou pronto.

De acordo com o promotor de Justiça, Delano Azevedo Rodrigues, 95% da obra foi realizada até o momento. Com o atraso, a mineradora já está sendo multada desde o dia 10 de julho. O valor da multa foi fixado em R$ 100 mil por dia.

O promotor informa que faltam alguns detalhes para a entrega da adutora e a Vale segue com o compromisso de entregar a obra. Segundo ele, o valor será cobrado ao fim do serviço ou poderá ser negociado em outras obras para o município de Pará de Minas:

Clique e ouça Promotor Delano

O promotor Delano tranquiliza a população e garante que a nova adutora será entregue pela Vale:

Clique e ouça Promotor Delano

A capacidade do novo sistema será de pouco mais de 1 milhão de litros por hora, mesma vazão outorgada para o município no Rio Paraopeba. A Vale desenvolveu e protocolou junto ao IGAM – Instituto Mineiro de Gestão de Águas, um estudo que verificou a disponibilidade hídrica do Rio Pará para subsidiar o pedido de outorga do novo ponto de captação sem prejuízo do curso d’água. 

Segundo a Vale, após a conclusão da obra e com o possível retorno da captação no Rio Paraopeba, o município poderá ter sua capacidade outorgada mais que dobrada em relação ao que era antes do rompimento.

Quando concluído, o empreendimento será entregue à Prefeitura e poderá ser operado remotamente pela Concessionária Águas de Pará de Minas, por meio de um sistema completo de automação instalado.

Por Sérgio Viana

Fotos Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: