Capa da Página iPhone 13 Pro Max de 1TB é o celular mais caro do Brasil, por R$ 15.999 - Tecnologia - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Tecnologia

16/09/2021 às 07:29h

iPhone 13 Pro Max de 1TB é o celular mais caro do Brasil, por R$ 15.999

Facebook

O iPhone 13 Pro Max com armazenamento de 1 terabyte (TB), um dos lançamentos realizados pela Apple na última terça-feira (14), é o celular mais caro do Brasil atualmente.

Com preço sugerido de R$ 15.999, ele é também o primeiro telefone a chegar a esse valor no país – a quantia equivale a 14,5 salários mínimos. Os últimos aparelhos mais caros custavam R$ 13.999.

Esse espaço todo para guardar fotos, vídeos e aplicativos é inédito entre iPhones, que até então vinham com, no máximo, 512 GB. Nos celulares da Apple, não existe opção de expandir o armazenamento com cartões de memória.

Até agora, o posto de celular mais caro era dividido entre smartphones luxuosos de duas concorrentes:

De um lado, o Samsung Galaxy Z Fold 2, aparelho com tela dobrável e 256 GB de armazenamento, que chegou ao país em outubro de 2020 com preço sugerido de R$ 13.999;
Do outro, o iPhone 12 Pro Max de 512 GB, que custava os mesmos R$ 13.999 em seu lançamento no Brasil, em novembro de 2020.
Sobe e desce
Se o preço do iPhone 13 mais avançado está maior, as versões "básicas" oferecem mais armazenamento por quantias menores do que no ano passado, na comparação com valores do lançamento.

O iPhone 12 mini e o iPhone 12 chegaram ao país em 2020 em suas versões de entrada, com 64 GB de armazenamento, por R$ 6.999 e R$ 7.999, respectivamente – um ano depois do lançamento, eles estão até R$ 1.500 mais baratos.

Nos novos iPhones, a opção de entrada vem com 128 GB de armazenamento (o dobro do antecessor) e são vendidos por R$ 400 a menos.

Sem carregador e fone de ouvido
Desde 2020, os iPhones não vêm com o carregador de parede e o fone de ouvido – o cabo USB é o único acessório incluso.

O carregador custa R$ 199 na loja oficial da fabricante, enquanto os fones de ouvido com fio saem por R$ 219.

Fonte: G1


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: