Capa da Página Promotor afirma que copiloto parece ter derrubado avião de propósito - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 23º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

26/03/2015

Promotor afirma que copiloto parece ter derrubado avião de propósito

Facebook

Durante entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (26), as autoridades responsáveis pela investigação do acidente afirmaram que apenas um dos pilotos estava na cabine no momento em que se iniciou a queda da aeronave e que, ao que tudo indica, o copiloto alemão, identificado como Andreas Lubitz, 28 anos, teria derrubado a aeronave de propósito. 

O promotor de Marselha, Brice Robin, disse que os passageiros do avião da Germanwings não perceberam o que estava acontecendo "até o último momento" antes da queda. Ele contou também que teve contato com parentes das vítimas, que estão chocados.

Apesar do que foi dito durante a entrevista coletiva, horas antes da reunião com a imprensa, o grupo alemão Lufthansa, ao qual pertence a companhia Germanwings, chegou a informar que não poderia confirmar a notícia de que um dos pilotos do Airbus A-320, que caiu nos Alpes franceses, não estava na cabine de comando no momento do acidente.

Em declarações à agência de notícias DPA, um porta-voz da Lufthansa disse “não ter atualmente nenhuma informação que possa confirmar a notícia do jornal The New York Times". Ele comentou assim notícia divulgada na madrugada de que no comando do aparelho estava apenas um dos pilotos.

A companhia alemã, no entanto, comprometeu-se a divulgar todas as informações sobre a tragédia, em que morreram 150 pessoas. A empresa pediu que não seja dado crédito a “especulações” sobre as causas do acidente com o voo 9525 entre Barcelona (Espanha) e Düsseldorf (Alemanha).

O The New York Times informou ainda que fontes militares, que ouviram a gravação de áudio da caixa-preta de registro de voz da cabine de comando, disseram que um dos pilotos não estava em seu lugar, que tinha saído e não conseguiu regressar.

O jornal acrescenta que, quando pretendeu regressar à cabine, o piloto bateu à porta e não obteve resposta.

“Pode-se ouvir que ele está tentando destruir a porta”, disse a fonte ao jornal sobre os momentos anteriores ao acidente.

Fonte: O Tempo

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: