Capa da Página Galo encara Santa Fe para seguir vivo na Liberta - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

18/03/2015

Galo encara Santa Fe para seguir vivo na Liberta

Facebook

Bruno Cantini/ Atlético

Duas partidas, duas derrotas e uma certeza: o Atlético não pode mais vacilar na Copa Libertadores. A “decisão” para o time é nesta quarta-feira. Às 22h (de Brasília), o Galo entra em campo no Estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia, com o pensamento único de vencer o Independiente Santa Fe.

Na lanterna, sem pontuar, o Alvinegro vai encarar o líder do Grupo 1, que soma seis pontos. O Colo Colo (CHI) tem a mesma pontuação, mas leva desvantagem no saldo de gols. O grupo é completado pelo Atlas (MEX), que tem três pontos.

Uma derrota nesta quarta-feira deixa o Atlético com chances mínimas de classificação às oitavas de final. Os dois primeiros dos grupos avançam.

“A gente não pode pecar mais. Está todo mundo focado em busca da vitória. Só a vitória nos interessa”, diz o atacante Luan. “Sabemos que é um momento importante, temos que ganhar, pois só assim teremos tranquilidade”, reforça o argentino Lucas Pratto.

Depois do jogo em Bogotá, o Atlético enfrenta novamente o Santa Fe, desta vez no Independência, no dia 9 de abril. Em seguida, o rival é o Atlas, dia 15 de abril, em Guadalajara. O Galo encerra a fase de grupos no dia 22 de abril contra o Colo Colo, no Mineirão, já que o Independência estará cedido para um show musical.

Para se manter vivo na disputa, o Atlético terá nesta quarta-feira as estreias do lateral-direito Marcos Rocha e do atacante Lucas Pratto na Libertadores deste ano.

Os dois, considerados peças-chaves da equipe, se lesionaram na véspera do primeiro jogo do time na competição. Só retornaram no fim de semana passado, na goleada de 4 a 0 sobre a URT, pelo Campeonato Mineiro.

“Foi importante ter voltado, ter jogado 60 minutos para ganhar um pouco de ritmo. Fiquei feliz pelo meu desempenho e da minha equipe. A equipe readquiriu confiança”, garante Marcos Rocha.

Outro jogador que pode ser importante para o Atlético contra o Sante Fe é o colombiano Sherman Cárdenas. Ex-meia do Atlético Nacional de Medellín, ele conhece bem o adversário e o Estádio El Campín.

“Os primeiros minutos são os mais importantes, ainda mais quando é visitante. Porque vão pressionar muito. Mas vamos fazer um esforço para que o Atlético faça um bom trabalho”, diz Cárdenas.

Independiente Santa Fe

A grande novidade no Independiente Santa Fe é o retorno ao time do meia Omar Pérez. Ele está recuperado de uma inflamação no joelho direito, sofrida durante o empate por 2 a 2 com o Atlético Huila. No fim de semana passado, ele não enfrentou o Millonarios (0 a 0).

Fonte: Superesportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: