Capa da Página Balanço da Receita Estadual mostra intensificação no combate à sonegação fiscal - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 20º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

18/07/2019 às 09:03h

Balanço da Receita Estadual mostra intensificação no combate à sonegação fiscal

Facebook

O cerco à sonegação fiscal em Minas Gerais ficou ainda mais acirrado no primeiro semestre de 2019. Um balanço feito pela Receita Estadual revela que, entre janeiro e junho, foram realizadas 29 operações de combate a fraudes e esquemas montados contra o Fisco. As ações do período resultaram na recuperação de mais de R$ 1 bilhão em impostos sonegados.

Os alvos das operações foram empresas de médio e grande portes que atuam em diversos segmentos, tais como transporte, combustível, vestuário, calçado, construção civil, eletrodoméstico, agropecuária, metalurgia, bebida e cigarro.

Segundo o subsecretário da Receita Estadual, Osvaldo Scavazza, a intensificação da fiscalização contra os sonegadores faz parte de uma das estratégias adotadas pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF), que tem como objetivo combater esse tipo de crime em todas as regiões de Minas Gerais. A intenção é resgatar os recursos e destiná-los à devida aplicação em políticas públicas necessárias para a sociedade.Entre as operações realizadas no primeiro semestre de 2019 estão ações desenvolvidas pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), formado pela Secretaria de Fazenda, Ministério Público, Advocacia-Geral do Estadoe Polícia Civil.


Também merece destaque a participação do Tribunal de Justiça, pela agilidade na expedição dos mandados de busca e apreensão e de prisões requisitadas pela promotoria quando há necessidade.

As chamadas forças-tarefas contam ainda com o apoio da Polícia Militare de órgãos federais como Agência Nacional do Petróleo, Inmetro, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal. Parcerias que têm se mostrado cada vez mais eficientes na condução das operações. A intensificação no combate à sonegação terá sequência no segundo semestre.

Por JC Notícias


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: