Capa da Página Servidores públicos fazem manifestação contra a inclusão dos estados na Reforma da Previdência nesta sexta - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 35º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

20/09/2019 às 08:54h

Servidores públicos fazem manifestação contra a inclusão dos estados na Reforma da Previdência nesta sexta

Facebook

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) vai realizar daqui a pouco, às 9h, em Belo Horizonte, uma manifestação contra a inclusão dos estados na Reforma da Previdência que será votada em breve no Senado. O ato ocorre na Praça Afonso Arinos.

Representantes do SindUTE de Pará de Minas e outros profissionais da educação da cidade darão apoio ao ato na capital mineira. Cerca de 60 trabalhadores pará-minenses confirmaram participação.

A manifestação é convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Central Única dos Trabalhadores (CUT), demais centrais sindicais e movimentos sociais. O protesto será feito juntamente a todos os setores do funcionalismo público federal, estadual e municipal de Minas Gerais.

Em entrevista ao JC Notícias, Rondinelle Alves, coordenador da subsede do SindUTE de Pará de Minas confirma a manifestação e afirma que além da luta contra a Reforma da Previdência, os trabalhadores vão protestar contra o governador Romeu Zema (NOVO) que seria um dos principais articuladores para a criação de uma PEC paralela para inclusão dos estados e municípios no projeto:

Clique e ouça Rondinelle Alves

Rondinelle Alves explica que muitos trabalhadores de Pará de Minas estão aderindo ao movimento de hoje (20). Segundo ele, outras categorias, como a Polícia Civil vai dar apoio na manifestação:

Clique e ouça Rondinelle Alves

O Dia Nacional de Paralisações vai ocorrer em outras cidades do país e também tem como alvo o Presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: