Capa da Página Chá quente é associado a câncer mortal em fumantes e consumidores de álcool - Saúde - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 32º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Saúde

07/02/2018 às 15:25h

Chá quente é associado a câncer mortal em fumantes e consumidores de álcool

Facebook

Pesquisadores chineses sugerem que o chá quente pode aumentar o risco de um câncer mortal em até cinco vezes no caso de pessoas que também ingerem bebidas alcoólicas.

Pessoas que bebem pelo menos uma bebida alcoólica e uma xícara de chá muito quente por dia têm uma chance cinco vezes maior de desenvolver um câncer no esôfago do que indivíduos que tomam chá em qualquer temperatura menos de uma vez por semana, de acordo com o estudo realizado.

Segundo a pesquisa, que analisou dados de 456.155 chineses adultos com idades entre 30 e 79 anos, o risco para os fumantes também aumenta por causa do consumo do chá em altas temperaturas. No caso das pessoas que fumam, o ato de tomar um chá muito quente todos os dias foi associado a um risco aproximadamente duas vezes maior de câncer de esôfago em comparação com o observado com um consumo mais esporádico, menos de uma vez por semana.

Annals of Internal Medicine, provou que o chá quente pode aumentar o risco.">Tanto o cigarro quanto o álcool são amplamente associados ao câncer de esôfago, mas o novo estudo, publicado no Annals of Internal Medicine, provou que o chá quente pode aumentar o risco.

No começo do estudo nenhum dos participantes tinha câncer. Os pesquisadores monitoraram metade dos mesmos por pelo menos nove anos.

Durante o período da pesquisa, 1.731 pessoas desenvolveram tumores no esôfago.

Todos os anos 9 mil pessoas são diagnosticadas com câncer de esôfago no Reino Unido, e estima-se que 15% dos pacientes que desenvolvem a doença ainda estejam vivos após cinco anos.

A presença da doença é relativamente alta na China, onde o consumo de chá é comum e muitos homens fumam e bebem,

Os chineses costumam tomar chá em garrafas que levam consigo para o trabalho, e as enchem regularmente com água quente.

Pouquíssimos chineses tomam o chá britânico tradicional, que é menos quente que as variedades chinesas, já que costuma ser tomado com leite frio.

Pessoas da Rússia, Turquia e América do Sul gostam de tomar seu chá bem quente, com muitos tomando-o em temperaturas que superam os 65 graus Celsius.

Pesquisas passadas mostraram que o chá pode ajudar a proteger o organismo de tumores no trato digestivo.

No entanto, estudos também sugeriram que líquidos e alimentos quentes podem causar “lesões térmicas”, que podem intensificar os fatores de risco associados ao câncer.

Fonte: Yahoo

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: