Capa da Página - Em Pará de Minas, PM apreende jovens aliciados por traficante de Juiz de Fora - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

28/02/2020 às 08:58h

Em Pará de Minas, PM apreende jovens aliciados por traficante de Juiz de Fora

Facebook

Na última quarta-feira (26), na rua José Camilo dos Santos, bairro Pe. Libério, a Polícia Militar apreendeu 28 pedras de crack, 23 buchas de maconha, um papelote de cocaína, certa quantia em dinheiro e materiais para embalagem de drogas. Foram apreendidos dois adolescentes de 13 e 14 anos.

Os militares foram até o local averiguar denúncias de que adolescentes estariam traficando drogas para um autor de tráfico de 20 anos, que, por sua vez, estaria atuando a mando de um infrator que se encontra preso em uma penitenciária de Juiz de Fora.

No local, foram vistos os dois adolescentes de 13 e 14 anos, próximos a um posto de saúde do bairro, os quais demonstraram nervosismo com a presença policial, mudando suas atitudes bruscamente, reforçando a suspeita.

Com um deles foi encontrada uma bucha de maconha e uma quantia em dinheiro. Depois os adolescentes levaram os policiais até uma casa abandonada nas proximidades e em um matagal, onde foi encontrado o restante da droga e do dinheiro. Uma pedra de crack foi encontrada ainda na residência de um deles, que fica nas imediações.


Os adolescentes foram apreendidos e conduzidos à Delegacia de Polícia, na presença dos seus responsáveis, com o material apreendido.

Já o suspeito de aliciar os adolescentes para o tráfico, de 20 anos, não foi localizado. A PM já prendeu ou apreendeu várias pessoas suspeitas de trabalharem para o detento mencionado no tráfico de drogas na região dos bairros Pe. Libério, Walter Martins, Seringueiras e Cecília Meireles.

Ele também é suspeito de ser o mandante de homicídios nessa região, ligados ao tráfico de drogas.

A PM continuará o trabalho de prevenção e repressão ao tráfico de drogas nos referidos bairros e pede que a população continue colaborando com denúncias pelos telefones 190 ou 181, Disque Denúncia Unificado, o DDU.

Por Henrique Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: