Capa da Página Jovens da base marcaram dois terços dos gols do Cruzeiro neste início de temporada - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Jovens da base marcaram dois terços dos gols do Cruzeiro neste início de temporada

10/03/2020 às 07:18h

Facebook

O rendimento do Cruzeiro em 2020 ainda não agradou aos torcedores. No Mineiro, o time está fora do G4, em quinto lugar, com 14 pontos. Na Copa do Brasil, enfrentou dificuldades para eliminar São Raimundo-RR e Boa e agora terá pela frente o CRB de Alagoas, na terceira fase. Se a equipe ainda carece de ajustes, alguns jovens jogadores já demonstraram potencial ao balançarem a rede. De 15 gols nesta temporada, dez foram anotados por pratas da casa (66,66%).

A lista de artilheiros da base é encabeçada por Maurício. Ele fez três gols no Mineiro - vitória sobre Tupynambás, por 4 a 2, e empates com América e Patrocinense, por 1 a 1. No ano passado, o meia de 18 anos havia marcado na vitória por 1 a 0 em cima do Vasco, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019, no Mineirão.

Abaixo de Maurício aparece Thiago, de 18 anos, com dois gols em três partidas: um na vitória sobre o Boa, por 2 a 0, pela rodada de estreia do Mineiro, e outro no revés para o Atlético, no último sábado, por 2 a 1, também no estadual. Vale ressaltar que o centroavante de 1,89m esteve em campo durante 112 minutos, já que foi desfalque em razão de lesão na coxa esquerda.

Assim como Thiago, Welinton alcançou o primeiro gol como profissional no jogo contra o Boa. O mesmo valeu para o volante Pedro Bicalho e o zagueiro Arthur, decisivos no time que ganhou do Uberlândia por 2 a 1, no Mineiro. No empate por 2 a 2 com o São Raimundo-RR, na primeira fase da Copa do Brasil, os garotos decisivos foram Edu e Alexandre Jesus.

O gol de Pedro Bicalho - chute rasteiro de dentro da grande área após assistência de Marcelo Moreno - teve dedicatória especial aos pais e ao avô, Francisco, que se recuperava de um acidente vascular cerebral (AVC).

“Fiz o gol passou tudo na cabeça, o que vivi lá atrás, saí de casa aos 13 anos, assistia aos jogos quando ele vinha para cá na arquibancada, a gente já sonhou isso junto, é uma coisa maravilhosa, ver meu pai chorando de alegria de orgulho, minha mãe também, meu avô que está passando por um momento difícil de saúde, e isso foi maravilhoso para mim”, disse.

“Falei com meu avô (Francisco), porque depois de ele ter o AVC, ele chegou chorando e perguntou se nunca ia me ver fazer um gol. Daí, Deus me abençoou, deu tudo certo, eu fiz o gol. E ele (avô) está bem”, complementou o volante.

O zagueiro Arthur se aproveitou de escanteio cobrado por Filipe Machado e balançou a rede em conclusão de cabeça. Ele não escondeu a grande alegria pelo gol, além de ressaltar o amadurecimento proporcionado pelas experiências a serviço de Nacional da Madeira-POR, Tombense e Estoril-POR.

“Foi uma emoção muito grande. Não consigo descrever o meu sentimento. Tudo isso foi importante para mim, ter subido aos 17 anos ao profissional (2017). Tive algumas oportunidades, mas o elenco era muito qualificado. Procurei oportunidades em outros lugares, rodei e voltei mais preparado, com mais bagagem”.

Outro garoto da base com participação em gol do Cruzeiro foi o meia Marco Antônio, responsável pelo lançamento de pé esquerdo para Wellington, volante do Villa Nova, cabecear em direção à própria meta e assegurar a vitória azul por 1 a 0. Completam a lista de gols de 2020 o lateral-direito Edilson (2), o meia Jhonata Robert e o lateral-esquerdo João Lucas.

Gols do Cruzeiro em 2020

Maurício - 3
Edilson - 2
Thiago - 2
Alexandre Jesus - 1
Arthur - 1
Edu - 1
Jhonata Robert - 1
João Lucas - 1
Pedro Bicalho - 1
Welinton - 1

Fonte: Super Esportes

Foto: cruzeiro.com.br/

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: