Capa da Página Pai de Elias chama diretoria do Atlético de medíocre e ameaça acionar Justiça se filho não receber atrasados - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Pai de Elias chama diretoria do Atlético de medíocre e ameaça acionar Justiça se filho não receber atrasados

08/01/2020 às 08:21h

Facebook

O Atlético liberou o volante Elias da reapresentação desta quarta-feira, na Cidade do Galo. O jogador, que tem contrato até o fim de janeiro, não ficará no clube para a temporada 2020. No entanto, o jogador pode aparecer no centro de treinamentos. O estafe do jogador informa que ele só não estará no CT se o alvinegro enviar um documento informando a dispensa. A informação foi publicada pelo Yahoo Esporte e confirmada pelo Superesportes.

“O contrato vence no dia 31/01. Caso não tenham interesse na reapresentação do jogador para término do contrato, a legislação trabalhista manda que o empregador avise ao trabalhador dispensando-o e já determinando dia e hora da homologação trabalhista, rescisão do contrato e os devidos pagamentos, inclusive os atrasados. Isso é o que espero da diretoria do Atlético, um documento oficial informando a dispensa do cumprimento do restante do contrato e a data para os devidos pagamentos”, disse Eliseu Trindade, pai e empresário de Elias, em mensagem enviada à reportagem.

“Se não houver a dispensa oficial, o jogador se apresentará normalmente, para o Atlético dar início à preparação física do atleta até o final de seu contrato”, afirmou.

Eliseu, inclusive, chama a diretoria do Atlético de medíocre. O empresário afirmou que nenhum diretor do clube entrou em contato para passar mais detalhes da situação final de Elias - em dezembro, o Galo informou que o jogador não ficaria para 2020.

“Clube Atlético Mineiro, um grande clube, uma torcida apaixonada e uma grande instituição, mas infelizmente com uma direção medíocre. Nenhum diretor do Atlético entrou em contato conosco”, completou.

O agente de Elias informou ainda que vai conversar com a diretoria do Atlético para que as partes se acertem e o jogador deixe o clube pela porta da frente. Se o pagamento das dívidas não for efetuado, as pendências serão resolvidas na Justiça.

“É lá (na Justiça) que se discute quando contratos não são cumpridos, não é?”, finalizou.

O estafe do jogador entende que a dívida do Atlético é um pouco superior a R$ 2 milhões, incluindo salários, férias, direitos de imagem, premiação e comissão por intermediação de transferência.

Fonte: Super Esportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: