Capa da Página Apesar de gratuito, PIX pode ter cobranças adicionais se utilizado em excesso - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 32º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

04/03/2021 às 08:42h

Apesar de gratuito, PIX pode ter cobranças adicionais se utilizado em excesso

Facebook

O Pix foi criado no ano passado para ser um meio de pagamento bastante amplo. Qualquer pagamento ou transferência que hoje é feito usando diferentes meios (TED, cartão, boleto etc.), pode ser feito com o Pix, simplesmente com o uso do aparelho celular. Apesar da facilidade que o sistema traz, é preciso se atentar a taxas que ele pode cobrar caso o usuário ultrapasse o limite de transações.

Criado para ser uma ferramenta gratuita de transferência para pessoas físicas, muitos usuários estão excedendo o limite de transações financeiras ao usar o PIX para receber inúmeras operações, o que acarreta taxas e juros sobre o envio e recebimento de valores.

Sobre o assunto, a reportagem do Jornal da Cidade conversou com o gerente comercial do Sicoob Ascicred, Fábio Faria. Em entrevista, ele explica como o PIX funciona e qual o limite de transações que as pessoas físicas podem fazer ao utilizarem a ferramenta:

Clique e ouça Fábio Faria

Fábio destaca que os correntistas precisam se informar com as instituições financeiras sobre as tarifas incididas em cima do PIX. Além disso, ele ressalta os benefícios da ferramenta criada pelo Banco Central:

Clique e ouça Fábio Faria

O Pix já está disponível amplamente para todas as pessoas e empresas que possuem uma conta corrente, conta poupança ou uma conta de pagamento pré-paga em uma das 734 instituições aprovadas pelo Banco Central.

Para fazer um Pix, é necessário acessar o aplicativo ou o internet banking da sua instituição financeira. Para realizar transações ou recebimento de valores, também preciso cadastrar um código, chamado de Chave Pix.

Por Henrique Silva

Fotos: Rádio Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: