Capa da Página Cruzeiro faz consulta pelo lateral-direito Nino Paraíba, mas Bahia veta transferência - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Cruzeiro faz consulta pelo lateral-direito Nino Paraíba, mas Bahia veta transferência

08/05/2020 às 09:23h

Facebook

O Cruzeiro procurou o Bahia nas últimas semanas para consultar sobre uma possível transferência do lateral-direito Nino Paraíba para a Toca da Raposa II. As negociações, no entanto, não avançaram, uma vez que o Tricolor descartou a saída do jogador logo de cara. A informação foi revelada pelo diretor de futebol da Raposa, Ricardo Drubscky, em entrevista à Rádio 98FM.

"(Nino Paraíba) Foi meu atleta no Vitória, foi atleta do Enderson. É um jogador que nos atenderia muito bem. Mas já foi tirado do nosso foco. A gente tinha intenção, mas conversei com o Diego Cerri (diretor de futebol do Bahia) e não há possibilidade de trazê-lo agora. É um atleta de muita qualidade, mas não está na mira, por causa da impossibilidade de vir", garantiu Drubscky.

Severino de Ramos Clementino da Silva, o popular Nino Paraíba, de 34 anos, trabalhou com Enderson Moreira no Bahia em 2018 e 2019. Nos dois últimos anos, com a camisa do Tricolor de Aço, o lateral-direito disputou 95 jogos e marcou quatro gols. Foram 44 partidas em 2018 e outras 51 em 2019. Nino também tem passagens por Vitória, Avaí e Ponte Preta.

Em entrevista recente ao jornalista Jorge Nicola, da ESPN, o Enderson afirmou que o Cruzeiro buscará um lateral-direito para a sequência da temporada. E deu uma dica sobre o jogador que está na mira da Raposa: "Coincidentemente, já trabalhei (com esse lateral-direito)", disse. Ele optou por não revelar o nome do atleta para não atrapalhar as negociações. À 98FM, Drubscky afirmou que existem negociações avançadas por reforços.

A lateral direita é, hoje, umas das principais carências do Cruzeiro. Enderson Moreira tem à disposição apenas o experiente Edilson, de 33 anos, e o jovem Valdir, de 19, recém-promovido ao elenco profissional.

Fonte: Super Esportes

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: